CPI da Pandemia entra na reta final de olho no recesso parlamentar

CPI quebra sigilos de Wizard e de sócios de farmacêuticasSenador Marcos Rogério, da base governista, disse que a CPI é tempo perdido: “Por que não apresentam [o relatório] logo?”

Após o atípico depoimento duplo do deputado Luís Miranda (DEM-RO) e seu irmão funcionário da Saúde Luís Ricardo, numa sexta-feira, fim de semana quase-oficial de deputados e senadores, a CPI da Pandemia mostrou que tenta aproveitar cada segundo de holofote que ainda tem. Existem apenas mais três semanas úteis antes do recesso parlamentar, em 17 de julho. Para governistas, o relatório da CPI “já está pronto”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), da base governista, disse que a CPI é tempo perdido: “Por que não apresentam [o relatório] logo?”.

Parlamentares aproveitam as férias até 3 de agosto, primeiro dia útil do 2º semestre. Até lá, a expectativa é de abrandamento da pandemia.

Sem depoimentos de governadores, que ganharam no STF o direito de não comparecer à comissão, a CPI continuará o foco no governo federal.

Deixe uma resposta