Deputado Francisco Costa responsabiliza municípios pelo atraso da vacinação

O lentidão da vacinação contra a Covid-19 no Piauí foi tema de discussão entre os parlamentares na sessão plenária desta terça-feira (29) na Assembleia Legislativa do Piauí.

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) cobrou mais transparência na relação entre o quantitativo de vacinas recebidas pelo Estado e a quantidade de imunizantes aplicados na população. “Há dados divulgados pelo Portal de Notícias G1, que mostram que a quantidade de vacinas enviadas para o Piauí já teria alcançado o dobro de pessoas que constam como vacinadas. Não se sabe a respeito de metade das vacinas: se elas estão estocadas, se foram utilizadas em ‘fura-filas’. Enfim, não há transparência na condução do processo de vacinação”, alertou.

O líder do Governo na Alepi, deputado Francisco Costa (PT), afirmou que  a Secretaria de Estado da Saúde distribui os imunizantes para os municípios e acrescentou que a responsabilidade da lentidão da vacinação é das secretarias municipais de saúde.

O Governo tem discutido com os municípios maneiras de dinamizar a vacinação”, respondeu o parlamentar. De acordo com o vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), 338.068 pessoas já receberam as duas doses do imunizante contra a Covid-19.(Tereza Val)

Deixe uma resposta