Equatorial executa dívidas do Distritro de Irrigação Tabuleiros Litorâneos

Os irrigantes do Distrito de Irrigação Tabuleiros Litorâneos estão sendo executados pela Equatorial, em razão de uma dívida que deveria ter sido paga pelo Dnocs, mas não foi. A informação é do jornalista Arimatéia Azevedo, do Portalaz.

Promessas para a conclusão dos Tabuleiros nunca faltaram. Inclusive visitas a Parnaíba de Presidentes da República: Temer foi um deles

Segundo ele, a titularidade da dívida acabou sendo espetada na conta dos irrigantes, que agora correm o risco de verem seuns negócios naufragarem no mar revolto da inépcia administrativa.

Bolsonaro vez um vôo pela área dos Tabuleiros: Mais promessas não cumpridas

A Jistiça deu ganho de causa à Equatorial, que pretende executar a dívida  o que cria um passsivo difícil de ser recebido, pelos custos já muito altos dos produtores. A saída possível envolve política, com negociação, na qual os irrigantes não se obriguem a pagar uma conta que não era deles.

EMPREGOS SOB RISCO: Finalizando a matéria do Portalaz afirma que haverá desemprego e perda de renda se os irrigantes dos Tabuleiros tiverem que pagar a dívida, cujo valor não foi possível apurar mas que é grande o bastante para inviabilizar os negócios.

Ministros também aqui estiveram “fazendo média”

Atualmente pelo menos três mil famílias dependem do trabalho e da renda gerada nos Tabuleirospara pagarb contas e manter comida na mesa. (Edição: BERNARDO SILVA)

Deixe uma resposta