Ex-mulher quer ir à CPI Pandemia falar mal de Pazuello e de sua namorada

Pazuello diz que vacinação com Coronavac começa ainda hoje nos estadosCaberá a Omar Aziz (PSD-AM) decidir se afinal haverá o depoimento da ex de Pazuello

O dito popular “ex-mulher é para sempre” agora é conferido pelo general Eduardo Pazuello.

Sua ex quer prestar depoimento à CPI da Pandemia para falar mal do ex-marido e da tenente Laura Tiriba Appi, médica infectologista do Exército, que teria arrebatado o coração do ex-ministro.

Laura era assistente e foi promovida a secretária de atenção primária no Ministério da Saúde. A ex a acusa de ser “amante” e “orientar” Pazuello sobre cloroquina, tentando metê-la na lorota do “gabinete paralelo”.  A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A médica Laura em momento de lazer – Foto: redes sociais.

Outra “acusação” é que, antes da nomeação, Laura Appi acompanhou Pazuello ao Planalto em reunião do presidente com vários ministros.

Laura Appi demonstrou sua influência ao emplacar uma amiga, jornalista carioca, para atuar na intranet no Ministério da Saúde.

Será do senador Omar Aziz (PSD-AM) a decisão sobre o depoimento da ex de Pazuello à CPI da Pandemia.

Deixe uma resposta