Roubo de cabos de telecomunicações prejudica 6,7 milhões de brasileiros

Roubo de cabos de telecomunicações prejudica 6,7 milhões de brasileirosComo no ramo da energia e água, perdas com roubo são milionárias e o consumidor é punido com serviço pior e mais caro para cobrir prejuízos

O ano de 2020 registrou alta de 34% no número de pessoas que tiveram algum serviço de telecomunicação prejudicado pelo roubo de cabos; cerca de 6,7 milhões de brasileiros. A prática criminosa foi responsável pelo sumiço de 4,6 milhões de metros desses cabos ao longo do ano passado, quando a economia do País teve de recorrer ao teletrabalho para sobreviver e superar a grave crise provocada pela pandemia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Como no ramo da energia e água, perdas com roubo são milionárias e o consumidor é punido com serviço pior e mais caro para cobrir prejuízos.

Segundo a Conexis Brasil Digital, foram cerca de 96 mil ocorrências de roubos registradas apenas no ano passado. São, em média, 11 por hora.

Para efeitos de comparação, o número de consumidores afetados pelo roubo de cabos equivale a cerca de duas vezes a população do Uruguai.

Deixe uma resposta