Wellington Dias afirma que convocação à CPI é inconstitucional

O governador do Piauí, presidente do Consórcio Nordeste e coordenador da temática de vacina do Fórum dos Governadores, Wellington Dias (PT), afirmou nesta terça-feira (08), no Palácio de Karnak, que a convocação de governadores para a CPI da Covid no Senado é inconstitucional.

Segundo o chefe do Palácio de Karnak, os governadores devem ir à CPI, mas na forma de convidados, assim como foram outras pessoas no Senado. De acordo com Wellington Dias, os mandatários dos Estados entraram com um mandado de segurança no STF para defender o comparecimento na Comissão Parlamentar como convidados.

Governador Wellington Dias

Governador Wellington Dias

“Ainda não recebi essa notificação e quero comunicar que, em razão da antecipação do cronograma, os governadores na defesa de prerrogativa constitucional, entraram com um mandado de segurança. Queremos comparecer, mas como manda a Constituição e a lei”, destacou o governador do Piauí.

Ainda conforme o presidente do Consórcio Nordeste, os governadores querem contribuir com a verdade e estão dispostos a comparecerem no Senado. O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD) definiu que Dias deva ir comparecer no dia 30 de junho.

“O que estamos buscando junto é apenas garantir uma prerrogativa que é a proteção da democracia. Para garantir que ninguém, sem ser um criminoso, sem ser alguém indiciado, sem ser alguém envolvido de forma coercitiva, é isso que significa convocação com data e horário, sob as penas da lei. Eu já tinha ido lá em abril e outros governadores e estamos prontos para que a verdade possa ajudar o país a entender o que aconteceu neste período da pandemia”, pontuou Wellington.(Gp1)

 

Deixe uma resposta