Wellington Dias confirma visita de Lula ao Piauí em julho

O ex-presidente Lula (PT) deve vir ao Piauí no mês de julho. A informação foi confirmada pelo governador Wellington Dias (PT) durante coletiva de imprensa na quinta-feira (11/06).

A visita objetiva fortalecer a própria pré-campanha à presidência da República de Lula, e, principalmente, a força do PT no Piauí. O cumprimento de agenda ao lado do ex-presidente petista, certamente, terá impacto direto no crescimento do nome do secretário de Fazenda, Rafael Fonteles (PT), que é o principal cotado para representar a base governista na disputa pelas eleições estaduais em 2022.

No último dia 30 de maio, Rafael Fonteles esteve reunido com Lula São Paulo. “Foi uma grande alegria revê-lo com saúde e cheio de esperança em relação ao futuro”, escreveu (Foto: Reprodução/ Instagram)

Pesquisa divulgada nesta sexta (11), envolvendo os prováveis pré-candidatos a governador do Piauí, já configura disputa entre Fonteles e o senador Ciro Nogueira (Progressistas). O parlamentar, hoje um dos principais aliados de Bolsonaro, apareceu em primeiro lugar com 26,83% das intenções de votos, seguido do secretário estadual de Fazenda com 11,99%.

QUAL SERÁ O FUTURO DE W.DIAS?

Foto: Reprodução

Ainda em coletiva na quinta (10), Wellington Dias afirmou que poderá ser o coordenador de campanha de Lula em 2022. No início da semana, o ex-presidente já havia confirmado, em entrevista à TV Meio Norte, o desejo deixar este encargo com o governador do Piauí.

Por sua vez, Wellington Dias já tem sua resposta: “Será uma honra muito grande para mim. Sempre me coloco a disposição de missões. Agora vamos esperar o momento certo que 2022 […] nunca fui de fugir da luta”, acenou positivamente ao questionamento de jornalistas.

Atualmente, ainda é especulado que Dias venha a ser candidato a vaga no Senado em 2022. Para isso, ele terá que renunciar ao cargo de governador. Em entrevista a imprensa, ao comentar sobre o assunto, o deputado estadual João de Deus (PT), afirmou que essa é uma discussão que está em aberto no PT. A decisão final, no entanto, será de Wellington Dias.(Paula Sampaio)

Deixe uma resposta