Ciro na Casa Civil é para ‘azeitar’ relação com Senado

Bom trânsito e relacionamento com outros senadores serão fundamentais

Confiando a chefia da Casa Civil ao senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, Jair Bolsonaro finalmente toma a iniciativa, com certo atraso, de melhorar o relacionamento do seu governo com o Senado. Essa articulação estava pendente desde quando o presidente da República se acertou com esse grupo político na Câmara, por intermédio do seu atual presidente, deputado Arthur Lira (PP-AL).

Relações azeitadas

Ciro Nogueira é articulador político hábil, sem atrito com senadores, daí a aposta do presidente para melhorar as relações com o Senado.

Sob nova direção

Desde os tempos de Braga Netto, o chefe da Casa Civil é uma espécie de “primeiro-ministro”, gerentão, que coordena as ações do governo.

Problema à vista

O ministro da Casa Civil deve priorizar a articulação política, mas isso poderá esvaziar atribuições da ministra Flávia Arruda (Governo).

Apoio às reformas

Ninguém deve duvidar: as mudanças no governo com Ciro na Casa Civil objetivam as eleições de 2022, lembra o cientista político Paulo Kramer.(Cláudio Humberto)

Deixe uma resposta