Ciro Nogueira ameaçou romper com Bolsonaro e ganhou Ministério

Comenta hoje o jornalista Arimatéia Azevedo, no Portal az, que o senador Ciro Nogueira só foi convidado para assumir a Casa Civil porque ameaçou romper com Bolsonaro. Pouca gente sabe disso.

Ciro Nogueira chateado com a atitude de Paulo Guedes

O motivo é que ele teria acusado Paulo Guedes de ter aprovado um empréstimo de R$ 800 milhões para o governo Wellington Dias. Ciro Nogueira foi bater no Palácio do Planalto para se queixar ao Presidente. Bolsonaro, segundo informações de Brasília, teria feito o convite para que ele assumisse a Casa Civil. “Você aqui vai manter o controle e evitar que isso aconteça”, disse Bolsonaro.

Ciro Nogueira quer comando do Cade, mas Guedes resiste

Ciro foi “choramingar” junto ao presidente da república

O presidente teria dado carta branca ao senador piauiense dizendo: “agora tudo passará por suas mãos”. Ontem se especulava que Ciro ainda tentará barrar o empréstimo autorizado por Paulo Guedes ao governo piauiense, através do Banco do Brasil.

ADEUS À CANDIDATURA

Sendo ministro da Casa Civil Ciro Nogueira lança mão da candidatura ao governo do Estado. Já se especula, dentro do Progressistas, que ele pode apoiar Silvio Mendes ou João Vicente Claudino – JVC. (Editado por BERNARDO SILVA)

Deixe uma resposta