Seduc monitora adequações de escolas para o retorno das aulas presenciais

Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vem dando as condições necessárias para que as escolas se preparem de acordo com os protocolos de biossegurança visando um retorno seguro das aulas presenciais. Só em 2021, a Seduc já repassou mais de R$ 12 milhões às escolas da rede para que as unidades façam as adequações necessárias, como a instalação de pias externas, aquisição de equipamento de proteção individual, álcool em gel, tapetes sanitizantes, sinalização com orientações a respeito do distanciamento e uso da máscara. As salas também estão sendo adaptadas para essa nova realidade, respeitando todos os protocolos de prevenção ao coronavírus.

No caso do não cumprimento das orientações, a escola é orientada a sanar todas as pendências - Foto: AscomNo caso do não cumprimento das orientações, a escola é orientada a sanar todas as pendências – Foto: Ascom

Equipes da secretaria estão percorrendo as escolas fazendo o Monitoramento em Foco, uma ação cujo objetivo é averiguar e validar o cumprimento das medidas de prevenção à Covid-19, conforme determinado nos protocolos específicos para a educação N° 042/2020 e 001/ 2022 e também quanto ao plano de aplicação dos recursos recebidos.

Clique aqui e confira os protocolos e demais informações sobre a retomada segura às aulas presenciais.

“Estamos com equipes em campo fazendo o monitoramento das 653 escolas da rede estadual, avaliando se as mesmas estão cumprindo todas as orientações a respeito dos protocolos de biossegurança, bem como se adequando à nova realidade. O objetivo é tornar a escola um ambiente seguro e aconchegante para recebermos os estudantes novamente no chão da escola”, disse Ana Rejane Barros, diretora da Unidade de Gestão e Inspeção da Seduc.

No caso do não cumprimento das orientações, a escola é orientada a sanar todas as pendências.

Deixe uma resposta