Vacina: Deputados advertem para excesso de pedidos de prioridade no Piauí

Os deputados estaduais Severo Eulálio (MDB) e Ziza Carvalho (PT) estão precupados com o atraso na vacinação da população piauiense contra a Covid-19 e advertem sobre o excesso de proposições incluindo grupos prioritários para receber os imunizantes no Piauí. Segundo eles, a quantidade de requerimentos garantindo a prioridade para categorias tem prejudicado o ritmo da vacinação no Piauí quando comparado aos vizinhos do Maranhão e do Ceará no critério faixa etária.

Severo Eulálio demonstrou preocupação com atraso na vacinação por idade (Foto: Ascom Alepi)Severo Eulálio demonstrou preocupação com atraso na vacinação por idade (Foto: Ascom Alepi)

“Todos os dias estamos aprovando novas prioridades na Assembleia. Ainda que sejam importantes, acredito que essa quantidade imensa tem prejudicado nosso ritmo em relação a Ceará e Maranhão”, advertiu Severo Eulálio.

presidente da Assembleia Legislativa (Alepi), deputado Themistocles Filho (MDB), afirmou que a falta de vacinas é maior reponsável pela dificuldade em aumentar o número de pessoas imunizadas no estado. “Caso tenhamos as vacinas, nós temos condições de vacinar até 3 milhões de pessoas por dia em todo o Brasil”, previu o presidente.

Gessivaldo Isaías (Republicanos) também não acredita que o problema sejam as prioridades. Para analisar melhor o problema da lentidão, ele pretende fazer um requerimento à Secretaria de Estado da Saúde pedindo informações sobre a quantidade de vacinas recebidas, distribuídas e aplicadas no Piauí.

Deixe uma resposta