ALEPI aprova pedidos de empréstimos do governo de R$ 697 milhões

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, em sessão plenária desta terça-feira (10), as mensagens enviadas pelo governo do estado solicitando autorização para contratação de duas operações de crédito, que somam R$ 697 milhões. As matérias foram aprovadas em primeira e segunda votação sob protesto dos deputados de oposição, e seguem para sansão do Governador. As mensagens foram aprovadas com voto contrário da deputada Teresa Britto – foram 16 votos a favor e um voto contra.

A primeira matéria votada foi a Mensagem nº 42 que autoriza o poder Executivo a contratar operação de crédito com o Banco Itaú S.A, com garantia da união; e a segunda, autoriza o poder Executivo a contratar operação de crédito com o Banco de Brasília (BRB). 

Os deputados Teresa Britto, Marden Meneses e B. Sá (Progressistas) apresentaram parecer negativo às mensagens que tratavam dos empréstimos. Eles alegaram inconstitucionalidade e falta de transparência por parte do poder Executivo e também que o projeto era muito curto diante de sua importância, mas tiveram seu relatório negado pela maioria dos membros das comissões.

Na votação, as mensagens do governador referentes aos empréstimos venceram por 5 votos a 2 na CCJ e na CFCFT. Na primeira, foram favoráveis os deputados Gessivaldo Isaías (Republicanos), Francisco Limma, Ziza Carvalho (PT), Nerinho e Henrique Pires e contrários B. Sá e Teresa Britto. Na segunda, Henrique Pires, Oliveira Neto (Cidadania), Cícero Magalhães (PT), Franzé Silva e Francisco Costa (PT) votaram a favor e Marden Meneses e B. Sá votaram contra.

Deixe uma resposta