Inquérito apura irregularidade na contratação de servidores comissionados na Prefeitura de Parnaíba

O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Parnaíba, instaurou inquérito civil para apurar as informações apresentadas quanto à eventual irregularidade na contratação de servidores comissionados pela prefeitura da cidade.

Segundo o MP-PI, as contratações estariam acontecendo , em detrimento a candidatos aprovados em teste seletivo para lotação na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESC).

O promotor Antenor Filgueiras Lôbo Neto levou em consideração despacho inicial com ofício ao prefeito Mão Santa, a fim de apresentar esclarecimentos quanto ao objeto noticiado, bem como, restou oficiada a Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania do Município de Parnaíba, para apresentar manifestação quanto à regularidade no preenchimento de cargos comissionados, especificando seus requisitos e atribuições, apresentando relação de todos os ocupantes de cargo em comissão lotados na referida secretaria.

Em resposta, a secretaria asseverou que o processo seletivo simplificado N°. 01/2020- SEDESC, possui validade de 12  meses contados da sua homologação, assim como explana o item 11.3 do edital, ademais, já foram realizadas seis convocações do processo seletivo supracitado.

“Com intuito de dar continuidade as investigações, a fim de sanar as lacunas existentes no fato noticiado, necessário se faz o prosseguimento da investigação”, cita a portaria do MP-PI. Uma série de providências foram solicitadas pelo promotor para apuração do caso. (180graus)

Deixe uma resposta