Maioria dos deputados do Piauí vota pela privatização dos Correios

Apenas Abreu, Merlong e Rejane votaram pela preservação dos Correios

O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira (5), por 286 votos a favor, 173 votos contra a duas abstenções, a votação do PL 591/2021, que permite a privatização dos Correios. Com a derrubada do último destaque proposto pela oposição, o texto agora seguirá para votação no Senado Federal.

A proposta permite a entrada de empresas privadas na exploração do serviço postal brasileiro. Após a votação, o relator do texto, Gil Cutrim (Republicanos-MA) agradeceu aos votos favoráveis ao projeto, assim como a equipe de economia do governo federal.

Veja como votou a bancada piauiense:Sim, pela privatização:

Átila Lira (PSB),  Flavio Nogueira (PDT), Julio Cesar (PSD),  Margarete Coelho (Progressistas), Iracema Portela (Progressistas), Marcos Sampaio (MDB),  Marina Santos (Solidariedade) 

Não, pela privatização: Fabio Abreu (PL), Merlong Solano (PT), Rejane Dias (PT) 

O que disse Felipe Neto sobre a privatização dos correios:

O empresário e youtuber Felipe Neto utilizou as redes sociais nesta quinta-feira (5) para detonar quem votou a favor da privatização dos Correios.

“Todo político que votou a favor da privatização dos Correios só o fez para atender ao interesse dos bilionários. Não há qualquer justificativa coerente em defesa do povo e do trabalhador brasileiro. Nenhuma. Zero. Que decepção monstruosa com alguns”, disse Felipe.

“A privatização dos Correios é INEXPLICÁVEL.

1- DÁ LUCRO! 2- Até nos EUA o serviço postal não foi privatizado. 3- Não existe monopólio, apenas no envio de CARTAS. 4- Já tem inúmeras concorrentes privadas. 5- Apenas 8 países minúsculos têm tds os serviços postais privatizados”, concluiu.(pensarpiaui)

Deixe uma resposta