Denúncia de uma mãe de aluno de Escola da rede municipal de ensino

RECEBI DE UMA MÃE DE ALUNO, A RESPEITO DA REALIDADE DA VOLTA AS AULAS NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO
Olá Bom dia, Sr. Bernardo Silva,
Sou mãe de aluno da Rede Pública Municipal. Sou a mãe que denunciou ao Tiago Mendes a realidade da Escola Antônio Selligman.
Gostaria de solicitar ao senhor um espaço no seu blog para tornarmos públicas algumas denúncias:
1. Kit de Merenda Escolar: No dia 7 de Abril de 2020, foi sancionada a lei de N 13.987 que versa sobre a entrega imediata dos kits de merenda escolar aos pais ou responsáveis de alunos de escola pública durante o período pandêmico e enquanto tiver aula online para os alunos.
2. Com base na Lei 13.987 fui em busca no site do FNDE o valor que Parnaiba recebeu de repasse de verba para a merenda. Fiz um levantamento de janeiro de 2021 até setembro de 2021 e os dados mostram que a Prefeitura Municipal de Parnaiba recebeu o valor total de R$ 1.540.890,80. Mesmo com esse valor nenhum kit de Merenda foi entregue aos pais no primeiro semestre. Na entrega dos kits da Escola Antônio Selligman questionei a Sec. de Educação  o que havia ocorrido para o não recebimento e ela afirmou que foi problema licitatorio. Porém eu também já havia feito o levantamento das licitações. Veja:
Licitação para compra de merenda datada de Agosto de 2020 com vigência de um ano.Tenho o Edital de chamada para a compra de alimentos não perecíveis de forma percapta destinada aos 19.000 alunos da Rede Municipal. Porém as escolas estão entregando os kits por família ou apenas para quem tem bolsa família. O que contraria a lei que afirma que os kits são entregues por aluno.
Questionei a Sec de Educação quando os kits do primeiro semestre serão entregues e ela não respondeu. Tenho os vídeos da reunião.
Os kits devem ser entregues de forma mensal e semanalmente devem ser entregues os alimentos não perecíveis. Parnaiba só está entregando uma sacola com cinco itens. Também não informam se os alunos que permanecerem online irão receber os kits.
Tenho a cartilha das orientações do PNAE que explica tudo de como devem ser feitas as entregas e quem tem direito a recebe las e lá é claro que os kits são para todos.
Sr. BERNARDO, não estamos tendo espaço na imprensa local para publicizar essas denúncias. Precisamos da sua ajuda. Ontem um grupo de pais oficializou junto ao Ministério Publico denuncias sobre o retorno presencial sem garantia de segurança aos nossos filhos e sobre os kits de merenda.
COMISSÃO DE MÃES QUE REPRESENTAM O GRUPO DE PAIS CONTRÁRIOS AO RETORNO PRESENCIAL DAS AULAS, SEM SEGURANÇA SANITÁRIA.
Hj estaremos na Porta da Prefeitura na Manifestação Em apoio aos professores e serv idores administrativos. Hoje vamos formular denúncia no Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.
Em relação às aulas, segundo a diretora do Antônio Selligman, quem optar por ser online só receberá apostila e não aulas como vinha sendo. Os alunos que irão presencial serão divididos em grupos, indo uma semana sim e outra não para a escola, para não aglomerar. Veja que de qualquer forma, presencial ou não, a educação dos nossos filhos estará sendo prejudicada. Deixo claro que o grupo de pais contrários ao retorno reforça o APOIO INCONDICIONAL AOS PROFESSORES, ADMINISTRATIVOS DA EDUCAÇÃO, SINDICATOS, QUE ESTAO LUTANDO PELO BEM ESTAR DOS NOSSOS FILHOS E POR SEUS DIREITOS TRABALHISTAS. Gostaria que o senhor destacasse isso na materia.
Ass.:Andrea Olival Costa:

Deixe uma resposta