Em tempos de risco de apagão, cai torre de 500 KV de alta tensão que liga Tucuruí ao nordeste

Usina de Tucuruí: fonte de energia que chega ao nordeste brasileiro (Foto: Divulgação) 

SILÊNCIO

Num momento crítico como o atual, em face de temor com um possível apagão, há uma torre de 500 KV de alta tensão caída desde às 19h25 da última quinta-feira (16), perto da cidade de Governador Luís Rocha, no Maranhão, distante 188 km de Teresina.

Ela traz energia da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, para o Nordeste. O fluxo não foi interrompido, mas a potência está limitada na interligação norte-nordeste.

A interrupção do fornecimento ocorre no quilômetro 45. Essa interligação tem ao todo 200 km ligando as duas regiões brasileiras. São duas linhas operando em paralelo.

No momento a quantidade de energia que o nordeste recebe do norte está reduzida pela metade. A fonte é Tucuruí. Mas essas duas linhas de 500 KV derivam de Presidente Dutra com destino a Fortaleza, no Ceará, passando por Teresina, no Piauí.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) não emitiu nenhuma nota sobre o caso até agora.  A proprietária das linhas é a Chesf.

Deixe uma resposta