Núcleo de Doação de Córneas do HEDA desenvolve atividades pelo Dia Nacional do Doador de Órgãos

O Núcleo de Doação de Córneas do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde(HEDA) encerrou, no início da noite desta segunda-feira (27), um dia de ações que marcaram o Dia Nacional do Doador de Órgãos. As ações foram desenvolvidas em parceria com grupos de corridas da cidade.

De acordo com a coordenadora do Núcleo, Nadja Miranda de Freitas, foram várias as ações.. “A gente desenvolveu atividades dentro do hospital, passando em todos os setores, fazendo a conscientização e  divulação da doação de orgãos, para profissionais e usuários. Fizemos também atividades externas com 4 corridas de rua, iniciando às 5 e meia da manhã.Todos os atletas correram com um número no peito,  remetendo a uma estatística da doação de órgãos, com o intuito de gerar uma reflexão sobre o tema”, pontuou Nadja Miranda.

A Coordenador do Núcleo, Nadja Miranda de Freitas

NÚCLEO DE DOAÇÃO DE CÓRNEAS

Parnaíba é hoje a única cidade do Piauí, fora a capital, que trabalha com captação de córneas. É um serviço pioneiro que o HEDA implantou o ano passado. “E a gente já vem colhendo frutos. Já tivermos  30 doadores de córneas. Foram 60 transplantes, ou seja, pessoas beneficiadas com doações de Parnaíba, de pessoas que faleceram aqui. O HEDA tem dado uma contribuição importante, num momento que temos uma fila de espera para córnea ainda muito extensa. Hoje temos 426 piauienses esperando por uma córnea, com um tempo médio de espera de dois anos, o que é um prazo ainda muito longo que precisa ser trabalhado com mais conscientização”, destaca a coordenadora.

As atividades do núcleo são de captação de córneas dentro do hospital. “E a gente vai estar sempre trabalhando com atividades educativas  para profissionais, para usuários para a população em geral, a fim de divulgar os serviços,  para que os parnaibanos e as cidades próximas da  região, saibam que Parnaiba hoje conta com esses serviços”, explicou Nadja,

Ela citou também que o fato de estarmos vivendo num periodo de pandemia, não houve tempo para grandes divulgações, até para evitar aglomerações. “Efetivamente é a primeira ação educativa do Núcleo, de muitas outras que virão.  Foi um dia muito proveitoso. Muito positivo. Os pofissionais participaram, os atletas participaram, Todas as pessaos que participaram divulgaram a causa em suas redes sociais. Foi um dia em que os parnaibanos pensaram muito sobre doação”, finalizou.

Deixe uma resposta