Picos faz monitoramento de 17 pessoas após ter paciente suspeito da variante Delta

A coordenadoria de Vigilância Epidemiológica do município de Picos, órgão ligado a Secretaria Municipal de Saúde, realiza o monitoramento de 17 pessoas próximas ao idoso de 72 anos internado com suspeita de infecção pela variante Delta.

Segundo o coordenador Robsoncley Viana, no grupo está a esposa do paciente e a filha, além de vizinhos da família. Até o momento, todas as pessoas seguem sem sintomas e ninguém apresentou resultado positivo para a Covid-19. 

“Estamos monitorando 17 pessoas. A esposa dele está assintomática, a filha também e os vizinhos. Ninguém testou positivo para Covid-19 e vamos realizar novos exames quando fechar 15 dias”, esclarece o coordenador. 

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a coordenadoria aguarda o comprovante da viagem realizada pelo homem para identificar a empresa que teria realizado o trajeto de São Paulo para Picos.

“Estamos esperando um retorno da família sobre a empresa do ônibus, do comprovante da viagem que consta essa empresa, para a gente mapear de onde são esses passageiros e mandar um alerta para esses municípios”, explica Robsoncley Viana.  

O paciente de 72 anos, que também é portador de uma doença cardíaca crônica, não havia tomado nenhuma dose da vacina contra a Covid-19. Ainda de acordo com Robsoncley Viana, a família estava imunizada, mas o homem não quis receber o imunizante.(cidadeverde)

Deixe uma resposta