Wellington Dias assina contrato para adquirir 500 mil doses da Coronavac

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), firmou, nesta quarta-feira (22), o contrato de compra direta de 500 mil doses da vacina Coronavac, com o Instituto Butantan, em São Paulo. A primeira remessa que o estado deve receber é de 200 mil doses.

Além do Piauí, o governador de SP, João Dória (PSDB), assinou contrato com outros estados como o Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso e Pará. Ao todo, a liberação das vacinas deve ser no total de 2,5 milhões de doses divididas entre os estados contratantes.

Conforme previsto nos acordos, o Pará vai receber 1 milhão de doses da Coronavac. Os estados do Espírito Santo e Mato Grosso contrataram 500 mil doses cada. Completando o carregamento de 2,5 milhões de vacinas, o Ceará irá receber 300 mil doses e o Piauí ficará com outras 200 mil.

A produção do Instituto Butantan envolve processos de envase, rotulagem, embalagem e um rigoroso controle de qualidade antes do fornecimento das vacinas. As doses disponibilizadas vão contribuir com os planos de imunização e enfrentamento da pandemia nos cinco estados, que ficam localizados nas regiões Norte, Nordeste, Centro Oeste e Sudeste do país.

A compra direta dos estados ocorre após o Butantan finalizar a entrega das 100 milhões de doses ao Programa Nacional de Imunização (PNI), no último dia 15 de setembro.Eavi Fernandes)

Deixe uma resposta