22 anos da TV Delta: uma data a ser comemorada, sim!

Parnaíba foi a pioneira na radiodifusão do Piauí, com a Rádio Educadora S/A que, ao que parece, foi a 2ª ou 3ª emissora de rádio implantada no Nordeste. Portanto, em termos de comunicação radiofônica, saimos na frente. Depois, com a chegada da geração mimeógrafo, assim denominada pelos poetas, Parnaíba também saiu na frente com o primeiro Jornal de grande repercussão, mimeografado, chamado INOVAÇÃO. Fiz parte desses dois veículos. Falamos do final dos anos 70 e início dos anos 80.

MINHA PARTICIPAÇÃO NA TV

Já bem depois, em 1999, em 11 de outubro, véspera de seu aniversário, o então governador Mão Santa, com quem eu havia tido algumas rusgas quando ele foi prefeito, implanta em Parnaíba uma afiliada da TV Antares. A TV Delta, canal 2 (foto ao lado). Meu chefe na Rádio Educadora (onde eu escrevia e apresentava um jornal radiofônico) radialista Ayrton Alves, convida-me a compor a equipe da recém criada TV, na condição de redator do telejornal que seria criado, sob a apresentação do também radialista Lee Cavalcante, que era da Rádio Igaraçu.

A jornalista Eulália Teixeira, da TV Antares, veio para apresentar o telejornal inaugural da TV Delta. O humorista João Cláudio Moreno também estava presente, na inaguração, que teve a presença ainda do governador Mão Santa, esposa Adalgisa, secretários de Estado, amigos e convidados. Além da jornalista Eulália Teixeira, depois tivemos um curso de TV ministrado pela jornalista Tereza Val, de quem recebemos as primeiras noções do que era telejornalismo.

A passagem do radialista Lee Cavalcante no telejornal do meio dia da TV Delta demorou pouco. Havia um certo estremecimento nas relações entre os grupos políticos do governador Mão Santa e do então prefeito de Parnaíba, Zé Filho, que comandava a rádio Igaraçu. E o Lee Cavalcante, muito ligado ao diretor da Igaraçu, Carlson Pessoa, optou pela rádio, deixando sem âncora o jornal da TV. Foi aí que transformamos a então repórter Carol Porto em apresentadora.

OS COMENTARISTAS

O governo do Estado tinha um assessor de nome Antônio Carlos Ferro Costa, que mais tarde, juntamente comigo, passamos a fazer comentários políticos na TV, que na época chegou a picos de audiência inimagináveis. Era a Parnaíba inteira se vendo na TV, graças a uma equipe de repórteres que conseguimos formar e que tinham uma sensibilidade fora do comum para assimilar aquilo que interessava realmente à opinião pública.

Meu início na TV. Os programas eram gravados em fitas VHS

Fui para o vídeo quase forçado. Eu me achava muito feio. Já não acho mais. E o Airton Alves, a primeira vez que pediu para eu fazer um comentário na bancada, jogou-me dentro de um paletó que era dele, duas vez mais que o meu tamanho. E eu fui, parecendo um espantalho. Mas fui. E, depois, cheguei a ser o apresentador principal da TV, função que desempenhei por muito tempo. Ninguém mais do que eu demorou tanto na frente das Câmeras como o âncora principal do telejornalismo da TV Delta. Até quando Mão Santa saiu do governo, foi defenestrado, e entrou Hugo Napoleão. Nesta época, o prefeito era Paulo Eudes. Quase todos saíram da TV e eu fiquei.

Fizemos vários programas na TV, inclusive especiais nos finais de semana

Programa especial de final de semana

TV Delta foi sempre uma escola para comunicadores. Por ela já passaram vários amigos que hoje estão brilhando em outras emissoras, em Teresina, principalmente. Ou seja, quem quis, nasceu para a profissão, seguiu em frente. Outros não tinham o mesmo “tesão” pela arte de comunicar, hoje nem se comunicam mais. Outros, só guardaram a vaidade de um tempo bom , de grande visibilidade que tiveram, embora sem muito destaque.

Em 2014, Zé Filho governador, a convite de Carlson Pessoa assumi a direção de jornalismo da TV Delta, de onde saí faltando mais de um mês para o final do governo. No final do ano, último dia de Zé Filho no governo, fui chamado a entrevistá-lo. E assim o fiz.

Sempre defendemos que jamais a TV Delta deveria ter sido fechada. Mas os governantes do Estado assim não pensaram e hoje ela está aí, com uma história a ser contada por quem também faz parte desta história. Que ela retorne, como estão anunciando. Mas que consiam formar uma boa equipe, que tenha pelo menos a ideia do que seja jornalismo, nesta época de convergências de mídia. Parabéns aos amigos que ainda estão lá na TV Delta, em especial ao Alisson Karoll e ao grande e imenso BIBOP. (POR: Bernardo Silva)

 

Deixe uma resposta