A falsa oposição da turma de Ciro Nogueira

A deputada federal Margarete Coelho anunciou que sua irmã, Sádia Castro, deixa o Governo do Estado e agora vai focar na oposição.
O que podemos entender disso?
]A primeira coisa é o que já repetimos desde que Ciro Nogueira se disse oposição: é ridículo que os Progressistas mantivessem uma pasta no governo que dizem se opor.
Como a população pode compreender que alguém da noite para o dia deixa de concordar com algo que até ontem fazia parte? Será que Margarete agora virou oposição mesmo?
É claro que Margarete e Wellington Dias continuam aliados, é só ver como os dois continuam defendendo bandeiras parecidas e mantendo suas condutas iguais.
A irmã de Margarete, Sádia Castro, foi a responsável pelo Escândalo do Zoobotânico quando participou de uma falsa reforma do parque.
Se Margarete diz que a missão foi cumprida, então o último ato de Sadia era parte da missão dada por Wellington Dias – e fazer essas lambanças com dinheiro público é uma conduta bem petista de ser.
Sádia deixa o Governo, apenas para reforçar a ideia de que Margarete não é mais governo. Nada mais.
A oposição continua mais falsa que nunca e todos são aliados que tentam se manter no poder a todo custo.
Se você quiser comprovar isso, basta ver como a deputada vai se comportar agora. Ela vai fazer o mesmo tipo de oposição que os outros progressistas agora fazem. Sem denúncias, sem críticas e sem investigação e com cobranças fraquíssimas que nunca fizeram em 20 anos.
Apenas com discursinhos bobos chamando Rafael de Pé de Chumbo, falando problemas genéricos e dizendo que depois de 20 anos já chega de um governo que eles sempre fizeram parte e juntos ajudaram a destruir o Piauí. (Fonte: O Piauiense)

Deixe uma resposta