COE recomenda quarentena de 10 a 20 dias após infecção por covid com aula presencial

Com o início da retomada total das aulas presenciais nas instituições públicas e privadas do Piauí, o Comitê de Operações Emergências (COE) reforçou em parecer técnico, o período de isolamento de dez dias para pessoas infectadas por Covid-19 e 20 dias para pacientes com quadro grave. Veja o parecer aqui.

De acordo com a nota, para pacientes assintomáticos não gravemente imunossuprimidos, o período é de dez dias após da data do primeiro teste RT-PCR positivo. Já para pacientes com quadro leve a moderado não gravemente imunossuprimidos, serão pelo menos 10 dias de isolamento desde o início dos sintomas.

Os 20 dias de acordo com o COE, são para pacientes assintomáticos e gravemente imunossuprimidos e para quem apresentar quadro grave ou crítico da doença ou pessoas gravemente imunossuprimidas.

Além disso, também continua o distanciamento de 1 metro entre as mesas dentro da sala de aula. Segundo o parecer do COE, essa métrica de distância já está prevista no Protocolo Específico Nº001/2021.

Somente na rede estadual, são mais de 250 mil estudantes matriculados e 638 escolas. A diretora da Vigilância Sanitária do Piauí, Tatiana Chaves, destaca que o objetivo é enfatizar essas orientações às intituições de ensino, que já valem desde o início do ano.

“Essas orientações já valem desde janeiro e agora estamos apenas enfatizando a continuidade tendo em vista que agora é uma proposta de retorno com número maior de alunos”, destaca Tatiana Chaves.

Deixe uma resposta