Em 2021, Brasil vai bater o recorde de empregos com carteira assinada

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Brasil deve superar em 2021 o número recorde de empregos formais gerados em todo o ano de 2010. Naquele ano, de janeiro a dezembro, economia bombando, foram 2 milhões e 540 mil empregos com carteira assinada. Mas, neste ano de 2021, com a pandemia travando a economia, já foram gerados 2 milhões e 512 mil empregos formais, e somente nos nove primeiros meses do ano. Sem dificuldade, com os números do Caged em outubro próximo, esse recorde será superado.

PIB maior

Produto Interno Bruto de 2010, corrigido pelo IPCA, foi de R$6,8 trilhões e o atual, segundo o mercado, deve ser de R$7,7 trilhões: 13,2% maior.

Renda maior

Se o PIB subiu 13,2%, a população cresceu 11,8%, passando de 190,7 milhões para 213 milhões, confirmando que a economia se recupera.

Pandemia Dilma

Em dois anos e 9 meses, o Brasil criou 3,3 milhões de empregos formais, apesar da pandemia. São números melhores que todo o governo Dilma.

Ponto fraco

O ponto fraco do mercado de trabalho ainda é o setor informal, que já dá sinais de recuperação, mas precisa da reabertura total para deslanchar.(Cláudio Humberto)

Deixe uma resposta