Gestão Mão Santa nega direitos a servidores públicos

Servidores do Município de Parnaíba: lutando por seus direitos

O prefeito Mão Santa, que se auto-proclama o melhor prefeito do Brasil, continua sem fazer o dever de casa, que seria valorizar os servidores municipais, respeitando os direitos de cada categoria e tratando-os como colaboradores de primeira hora. Isso é o que aconselha o bom sendo. Cuidar das pessoas– seria essa a lição número um de todo o qualquer político, no exercício de um mandato executivo, o que não ocorre em prefeituras como a de Parnaíba, por exemplo.

Ontem(6), nas redes sociais do Sindicato dos Servidores Municipais- SINDSERM, foi feito o registro de mais “um dia de luta das servidoras e servidores  municipais, com a presença dos Guardas Patrimoniais, merendeiras,  secretárias escolares, zeladores, professores , onde reivindicamos:

*O retorno das aulas presenciais com as devidas condições sanitárias; *Imunização plena dos profissionais de educação; EPIs; Adicional de Periculosidade; Nomeclatura de parte da Guarda; Condições de Trabalhio e de pessoal; PCCV/GAE Progressão.

Presidente do Sindserm, Leandro Lopes, ontem na Câmara Municipal

Também ontem à noite, representantes do Sindicato estiveram na Câmara Municipal para ouvir a secretária de educação do município, Fátima Silveira, sobre o retorno das aulas presenciais, muito embora a Prefeitura não tenha feita a parte que lhe cabe, dando as condições devidas e tomando todas as providências sanitárias para proporcionar um retorno com segurança. “Infelizmente não houve um consenso”, disse em vídeo divulgado no Instagram, o presidente do Sindserm, Leandro Lopes. (Por: Bernardo Silva)

Deixe uma resposta