Lançada licitação da Parceria Público Privada do Aeroporto de Parnaíba

A Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc-PI) lançou o edital de licitação da parceria público privada (PPP) do Aeroporto de Parnaíba para a gestão do equipamento público. A empresa vencedora da licitação, cuja sessão de abertura acontece no dia 5 de novembro, ficará responsável pela administração, conservação, implantação de melhorias e operação aeroportuária. A concessão será de 32 anos e tem valor estimado de investimento de mais de R$ 150 milhões.

Maquete do aeroporto de Parnaíba

Parnaíba é a segunda maior cidade do estado do Piauí, com pólos geradores de viagens, como universidades, hospitais, centros de tecnologia e áreas de produção agrícola e industrial. O aeroporto fica próximo de uma zona de processamento de exportação (ZPE) e pode ser utilizado na importação de insumos, assim como na exportação da produção, e algumas cargas poderiam ser movimentadas até o aeroporto, como farmacêuticos e outros produtos com valor agregado elevado.

Mas o município se destaca principalmente pelo turismo na região da Rota das Emoções que inclui, além do Piauí e Ceará, o estado do Maranhão. É porta de entrada para o Delta do Parnaíba, o único das Américas em mar aberto. “Um aeroporto funcional vai estimular os atletas a correr o Desafio do Delta do Parnaíba Ultra no litoral. Atletas de várias partes do Brasil participam desse evento e precisam desembarcar em Teresina e conseguir uma condução para chegar à Parnaíba. O aeroporto ampliado eliminaria essa dificuldade”, afirma Luciano Uchôa, empresário do ramo de eventos esportivos.

A infraestrutura prevista no projeto de PPP deve ampliar a capacidade de transporte de cargas com um novo terminal e possibilitará a criação de rotas internacionais, além de potencializar a geração de emprego e renda da região, que é conhecida pela exuberância natural que atrai visitantes de todo o mundo. Este é o aeroporto brasileiro mais próximo da Europa e é porta de entrada para o Delta do Parnaíba, único das Américas em mar aberto.

De acordo com Viviane Moura, superintendente da Suparc, a PPP é importante para alavancar o desenvolvimento do litoral piauiense. “Queremos consolidar Parnaíba como a capital do Delta e um ponto de entrada para o turismo de emoções, com praias incomparáveis, natureza preservada, culinária rica e saudável. O fortalecimento do turismo na região vem acompanhado de estímulos nos negócios da região. Com maior movimentação de pessoas por conta do aeroporto, aumenta as demandas para hotel, restaurantes e comércio em geral. É mais dinheiro circulando e mais oportunidades de emprego e renda para a população”, afirma. ( Fonte: Ascom)

 

Deixe uma resposta