Magoado, Moro cogita abandonar candidatura em 2022

O ex-juiz Sérgio Moro parece estar magoado com o Podemos e cogita abandonar candidatura à presidência em 2022. Ele já trocou mensagens com líderes da sigla ao longo desta quinta-feira (21) e vem despejando sua mágoa. Ele teria se chateado ao saber que a legenda se dividiu em relação ao voto da PEC 5.

Pessoas ligadas ao Podemos confirmaram que as conversas estão quentes nos grupos do partido. Tanto entre líderes e parlamentares, como os caciques diretamente com Moro.

Moro se chateia com Podemos (Foto: Cristiano Mariz/VEJA)Moro se chateia com Podemos (Foto: Cristiano Mariz/VEJA)Ainda ontem (20), o ex-ministro de Bolsonaro teria mandado mensagem mostrando sua estupefação ao saber o resultado. Embora a PEC não tenha passado, ele se sentiu traído pela legenda, que deu votos pela aprovação.

Os caciques do Podemos deixaram claro que não apoiavam a mudança no CNMP e concordavam com Moro. Mas o ex-juíz se sentiu traído porque, antes da votação, nenhum líder disse que poderia haver traições.

Na planilha do juiz da Lava Jato, todos os dez votos do Podemos iria para o não, mas metade acabou indo para o sim. Ele considera que não pode ser candidato por um partido que age dessa forma já antes de sua filiação.

Deixe uma resposta