Nobel da Paz vai para dupla de jornalistas em defesa da liberdade de expressão

Mulher de bçazer rosa e homem de terno em imagem repartida

Maria Ressa e Dmitry Muratov são os vencedores do Nobel da Paz de 2021. Foto: Reprodução

Uma dupla de jornalistas foi a grande vencedora do Prêmio Nobel da Paz 2021, anunciado na manhã desta sexta-feira (8). Maria Ressa, das Filipinas, e o russo Dmitry Muratov foram aclamados pela “luta corajosa” em busca da liberdade de expressão.

De acordo com a Academia Real das Ciências da Suécia, os ganhadores são “representantes de todos os jornalistas que defendem este ideal”.

O prêmio é de R$ 6 milhões, 10 milhões de coroas suecas. Ressa e Muratov foram escolhidos dentre os 329 candidatos indicados à categoria.

Maria Ressa é uma dos fundadores do site de notícias Rappler, conhecido por denunciar o abuso de poder e o autoritarismo do governo filipino.

Dmitry Muratov é co-fundador e editor-chefe do jornal independente Novaya Gazeta, também conhecido por expor as fraturas do governo russo. Desde a fundação, em 1995, seis jornalistas do Novaya já foram assassinados em represálias.

Deixe uma resposta