Veto de Bolsonaro à lei que combate a pobreza menstrual será derrubado na Câmara

Deputada federal Rejane Dias (PT-PI)

A deputada federal Rejane Dias (PT) defendeu que o combate à pobreza menstrual precisa ser incorporado às políticas públicas de ação social. “Principalmente, num País como o Brasil onde uma em cada quatro adolescentes não possui um absorvente durante seu período menstrual”.

A falta desse item tão básico tem um impacto enorme na vida das mulheres, “capaz de provocar além da perda de confiança e autoestima, uma série de fatores sociais, como a evasão escolar de adolescentes em período menstrual, quando muitas delas improvisam com jornal e miolo de pão”, revela a deputada.

“Por isso, a nossa luta será para derrubar o veto de Bolsonaro ao nosso  PL 4968/2019 que institui o Programa de Fornecimento de Absorventes Higiênicos. E conto com você também nessa jornada de defesa! O combate a pobreza menstrual representa a dignidade de meninas e mulheres invisíveis até aqui”, adiantou Rejane Dias.(Fonte: Paulo Pincel/Assessoria parlamentar)

Deixe uma resposta