Wellington Dias pretende desobrigar uso de máscara em dezembro

O governador Wellington Dias (PT) afirmou, em entrevista à imprensa na manhã desta segunda-feira (25), que existe a perspectiva de que ainda no Natal a obrigatoriedade do uso de máscaras seja abolida no Piauí. O chefe do executivo pontuou, no entanto, que tudo dependerá das definições do comitê científico.

Governador Wellington Dias

Governador Wellington Dias

Wellington Dias explicou que há algum tempo a questão vem sendo estudada, e frisou que certas medidas de prevenção à covid-19 são imprescindíveis para que seja viável a desobrigação do uso de máscaras.

“Nós estamos trabalhando há mais ou menos 20 dias com o comitê científico, que tem uma base entre erros e acertos em outras regiões do mundo. Temos hoje um comitê com cerca de 4.700 cientistas que tem presença em vários países. O que aconteceu na Itália, na França e outros países que liberaram a máscara? Alguns liberaram e tiveram que dar passos para trás. De um lado a gente vai precisar ter a segurança nas fronteiras brasileiras para não deixar entrar novas variantes. Do outro lado, internamente também uma política de monitoramento, porque o vírus vai permanecer entre nós”, declarou.

A vacinação também será um fator importante na tomada de decisão, segundo governador. “O que o comitê diz? Há uma perspectiva real para em novembro, a gente atingindo o patamar e vacinação na casa de 80% com primeira dose, com reforço para quem tomou primeiro lá atrás e mais um nível de segunda dose em dois terços da população, isso permite medidas de maior flexibilização”, avaliou.

Dessa forma, Wellington Dias afirmou que sua perspectiva é de que no período natalino as máscaras deixem de ser obrigatórias. “Vamos ter que trabalhar estratégia para essa região. Minha perspectiva e meu sonho, devo dizer, é para que a gente tenha um Natal sem máscara. Mas essa decisão pode acontecer tão logo o comitê científico nos dê um sinal verde”, finalizou.(Gp1)

Deixe uma resposta