Zé Filho afirma que não tratou sobre possível aliança com Wellington Dias

O GP1 conversou com o ex-governador e presidente da Federação das Indústrias do Piauí (FIEPI), Zé Filho (PSDB), neste sábado (23) sobre o interesse do governador Wellington Dias (PT) de contar com seu apoio para as eleições de 2022.

Zé Filho não confirmou diálogo recente com Dias sobre um eventual alinhamento, mas não fechou as portas para entendimentos. O ex-governador deixou claro que mantém uma excelente relação com o atual chefe do Palácio de Karnak, bem como com o secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles (PT), cotado para concorrer ao Governo no próximo ano.

“Tudo que eu sei é o que tem sido colocado pela imprensa. Mas eu sou amigo do governador, sempre nos demos bem e nunca tivemos problemas. Eu converso sempre com Wellington assim como tenho uma relação boa com o Rafael Fonteles. Converso com todos, não tenho problema com ninguém”, assegurou o ex-governador.

“Agora minha ida para o Governo, eu nunca conversei sobre isso com governador Wellington. Tudo que eu sei sobre isso é o que tem sido colocado pela imprensa, mas como eu já disse, sou amigo de Wellington e do Rafael. Somos amigos”, frisou Zé Filho.

Interesse declarado

Em recente solenidade no Palácio de Karnak ao lado do ex-governador, Wellington admitiu interesse de firmar aliança entre eles. Isso porque, o chefe do executivo piauiense sabe que Zé Filho é uma das mais fortes lideranças do Estado e que poderia reforçar seu projeto político para 2022, sobretudo, na região de Parnaíba.

Apesar de ainda não ter prego batido, circula nos corredores do Karnak que o governador do Piauí teria interesse de oferecer a primeira suplência de senador da chapa majoritária do executivo estadual a Zé Filho.

Fonte: GP 1

Deixe uma resposta