Beto Teles não terá apoio de Mão Santa em 2024 como candidato a prefeito

Vice-prefeito Beto Teles condena ações que prejudicam cidadãos

Falando-se em sucessão municipal, especula-se que o vice-´prefeito de Parnaíba, ex-vereador Beto Teles, até poderá sair candidato a prefeito em 2022, mas sem o apoio do prefeito atual, Mão Santa. Por quê? Simples: Mão Santa não confia em ninguém neste tipo de assunto, que não seja integrante da família dele ou um puxa-saco raiz, do tipo Fábio Barros, Pé de Pano e/ou congêneres. E sendo Beto genro do ex-prefeito Zé Hamilton, o maior adversário político do atual prefeito, a situação piora.

Antes, na pré-campanha, é tudo sorrissos, abraços e gentilezas. Depois, desconsideração

Claro que o poderoso ministro e senador Ciro Nogueira, com diver$o$ intere$$e$, teve grande peso na aliança do Beto com Mão Santa. Mas o prefeito, junto com seus familiares, provaram que não têm nenhum apreço pelo vice-prefeito, não obstante obrigarem Mão Santa a trabalhar doente, acometido por Covid, para não passarem o comando da cidade a quem de direito- no caso o vice-prefeito, o que seria algo muito natural, em qualquer outra administração. Mas com Mão Santa não é assim que a banda toca.

Mas Mão Santa nunca deu valor a nenhum vice. Foi assim na primeira gestão, com Caldas Rodrigues;  Na segunda, com Marcos Samaronne e agora o filme se repete, com o Beto Teles. Até quando governador, nenhum dos seus vices apareceu, teve oportunidade. Foi assim com Osmar Araújo e depois com Osmar Júnior. E por quê? Porque somente Mão Santa, que se auto-intitula o político mais bem preparado do Brasil, é quem quer brilhar. Na atual gestão, pelo que se lê na imprensa da prefeitura, chapa branca, até parece que só quem trabalha é Mão Santa, Gracinha e Adalgisa Moraes Sousa. E mais ninguém. E para que o município paga salário para outros secretários?

Ex-vice-prefeito Samaronne conhece o “modus operandi” de Mão Santa e dos seus

Mas, Mão Santa é mesmo assim: só cultiva as amizades dos puxa-saco RAIZ, sejam bandidos, traficantes, moleques de rua… Quem estuda, para ele, não tem valor, porque o prefeito acha que tudo sabe, daí descarta sugestões de quem quer que seja. Por isso se diz que político do tipo Mão Santa não têm amizades: têm interesses.

Grupo do Zé Hamilton poderá indicar Beto como candidato a prefeito pela terceira via

Mas, voltando ao vice-prefeito Beto, trata-se de um bom nome como candidato a prefeito, desde que continue como vem sendo. Sem atrito com ninguém; suportando calado a falta de consideração e seguindo em frente. Com o apoio do sogro, ex-prefeito Zé Hamilton, é um nome a ser trabalhado como terceira via, visto que o principal opositor do esquema atual de Mão Santa deverá ser novamente o deputado estadual Dr. Hélio. A situação, liderada por Mão Santa, poderá lançar à sua sucessão um vereador/vereadora, ou mesmo o Fábio Barros ou o `Doutor Pé de Pano. A Parnaíba que irá escolher. Afinal, cada povo tem o governo que merece.

 

 

Deixe uma resposta