Ciro pode disputar Karnak a pedido de Bolsonaro e levar o PL no Piauí

Por Sávia Barreto

Aliado do Progressistas acredita que “está tudo muito embolado” na oposição e a definição do candidato ao Governo não acontece em janeiro. “Em fevereiro, talvez. E talvez o próprio Ciro tenha que ser o candidato”, defende, em condição de reserva da identidade. Outra fonte confirma que Ciro Nogueira deve ser o candidato ao Governo atendendo a um pedido de Bolsonaro, que quer ter palanques competitivos no Nordeste para fazer frente a Lula. Dessa forma, além de disputar o Karnak, Ciro ainda teria o comando do PL local, sigla competitiva também por conta do fundo eleitoral.  

Noiva Teresina 

No mundo político, a maioria acredita que é sim Iracema Portella a candidata ao Karnak. Dentro do Progressistas/PSDB, porém, fala-se abertamente que é Sílvio Mendes o escolhido. Motivo da aposta: no interior é possível transferir colégios eleitorais, mas em Teresina, isso é muito mais complicado. E o eleitorado da capital tem predileção por Sílvio Mendes, simples. 

Impressão 

Na base, o candidato é Rafael Fonteles sim, mas fonte ligada ao MDB revela ter a impressão de que “Marcelo Castro trabalha 24h nos bastidores pra ser ele o candidato no final”. O senador, no entanto, sempre reforça em falas públicas que o candidato é Rafael Fonteles e o vice do MDB, ponto final. Fonteles tem reforçado sua presença nas redes sociais e mostrado maior desenvoltura nos diálogos com o mundo político. 

Deixe uma resposta