PRF e PM firmam parceria para combater criminalidade no Piauí

O superintendente da Polícia Rodoviária no Piauí, inspetor Paulo Nunes Moreno, e o comandante da Polícia Militar no Piauí, coronel Lindomar Castilho, assinaram nesta sexta-feira (05) um termo de cooperação entre as duas instituições para o fornecimento de tecnologias no combate à criminalidade no Piauí. 

A parceria entre a PRF e a PM visa fortalecer o sistema de segurança pública e dar uma resposta firme às ações criminosas registradas nos últimos meses em municípios piauienses. 

“A PRF fornece ao estado, a Secretaria de Segurança Pública, a tecnologia para que seja implementado um monitoramento nas rodovias federais e estaduais e assim, cooperadamente, termos condição de dar uma resposta mais rápida, mais célere às ocorrências criminais, principalmente que acontecem em todo o estado”, afirmou ao Cidadeverde.com o superintendente da PRF no Piaui, inspetor Paulo Nunes Moreno. 

Essa cooperação entre PM e PRF é um pacote de integração que atua na área de segurança viária, no combate à criminalidade e na segurança de todo o estado. 

“A PRF também está fazendo parceria com os municípios, dando a orientação e o suporte técnico para que esses sistemas também sejam implementados nos municípios por iniciativa das prefeituras. A intenção é que a gente possa fazer um cercamento virtual de todo o estado e assim responder a essa situação que está chamando a atenção de toda a sociedade, que é a tentativa da criminalidade de ocupar notadamente o Norte e Nordeste do país”, acrescentou o superintendente à nossa reportagem. 

COMBATE À CRIMINALIDADE EM CAJUEIRO DA PRAIA

A onda de criminalidade em Cajueiro da Praia, litoral do Piauí, fez com que forças especiais da Polícia Militar, como o BOPE e RONE, ocupassem o município para combater a criminalidade que se instalou na região. O prefeito da cidade, Felipe de Carvalho Ribeiro, enviou ofícios à Polícia Federal e ao Governo do Estado, pedindo reforço na segurança do município. 

Ao Cidadeverde.com, o superintendente da PRF falou sobre o assunto e disse que existe naquela região um gabinete de gestão integrada com todas as forças de segurnça pública que estão irmanados e se utilizando de tecnologia para fazer o monitoramento de toda aquela região. 

“Tudo para dar o quanto antes uma resposta à sociedade sobre os eventos que têm sido notificados naquela região”, completou o superintendente Paulo Nunes Moreno. (Nataniel Lima)

Deixe uma resposta