Pessoal da Enfermagem municipal pede o apoio dos vereadores de PHB

Presidente do Sindserm Leandro Lopes falou aos vereadores

Seguindo com o movimento de paralisação, os profissionais da enfermagem no munjcípio de Parnaíba estiveram hoje(18) na Câmara Municipal pedindo apoio dos vereadores para que intercedam em favor da categoria, sensibilizando o prefeito e sua equipe para que atendam as demandas pelas quais iniciaram a paralisação.

A enfermeira Juliane fez uso da palavra

Dentre as reivindicações feitas está o plano de cargos, carreira e salários, recomposição salarial, aposentadoria especial, melhores condições de trabalho e de equipamentos, dentre outros. A enfemeira que se identificou como Juliane, disse que a categoria está com o mesmo salário há 15 anos e que nunca os trabalhadores da enfermagem viveram um momento tão difícil nesses 20 anos que ela exerce a profissão em Parnaíba.

Está bem claro que, não obstante o prefeito Mão Santa um dia haver desempenhado a profissão de médico, portanto, ligado ao setor saúde, não há um mínimo de boa vontade para atender a categoria. Segundo o presidente do Sindserm, Leando Lopes, Secretários do prefeito, como o de Gestão, Carlos Teles, por exemplo, afirmam que o município não pode no momento dar nenhum tipo de aumento, por haver atingido o limite prudencial determinado em lei. Outros como Ouvidor Geral,  Alan Pereira, conhecido como Pé de Pano, diz que a  prefeitura tem dinheiro demais, a mesma fanfarronice que o prefeito apregoa. Mas não paga ao pessoal da enfermagem e outras categorias os direitos assegurados em lei.

As correções salariais que estão sendo solicitadas pelos profissionais seriam para ter validade a partir do ano que vem, mas a categoria já identificou que não há nenhuma previsão orçamentária no município neste sentido, o que leva a crer que vão continuar enrolando os profissionais. E quem perde é a população, inclusive no que tange à vacinação contra a Covid-19.

Deixe uma resposta