PL/PI: Só o deputado Fábio Abreu se posiciona sobre Bolsonaro no Partido

A imprensa nacional tem repercutido a possível filiação de Jair Bolsonaro no PL. De acordo com o jornal O Globo, até esta terça-feira (9), o chefe do Executivo deve ingressar no partido de Valdemar Costa Neto.

O presidente está há dois anos sem partido, desde que saiu do PSL. A cúpula do PL se reuniu no mês passado para tratar da ida de Bolsonaro para o partido. 

Sendo oficializada a filiação de Bolsonaro, já se noticia que deputados da sigla podem deixar o partido.

No Piauí, o PL conta com cinco deputados, sendo três estaduais e dois federais: Carlos Augusto, Hélio Oliveira, Fábio Xavier, Marina Santos e Fábio Abreu. 

pensarpiauí,logo cedo, procurou a assessoria dos parlamentares para saber qual a posição deles sobre a filiação do presidente.

O deputado Fábio Abreu disse que pretende permanecer no PL, mas pode deixar o partido caso veja a necessidade, e pretende ouvir as orientações e seguir na base do governador Wellington Dias.

Fábio Abreu disse sua posição sobre o assunto. “Há uma conversa com o presidente do partido em que esclarecemos a ele nossa situação no Piauí, com um governo que é do PT, e ele nos garantiu total autonomia e liberdade. Portanto, estamos firmes no nosso projeto de ampliar nossa base no PL. Do contrário, qualquer interferência por parte do presidente Bolsonaro, nós estaremos fora do PL”, afirmou ele.

Procuradas, as assessorias dos demais deputados não deram resposta sobre o assunto até a publicação desta matéria.   Atualmente, o PL tem 43 deputados e 4 senadores.(Fonte:pensarpiaui)

Deixe uma resposta