Tiros em Barra Grande recheada de turistas; Polícia suspeita de facções criminosas atuando

Barra Grande, em Cajueiro da Praia, é um dos paraísos do litoral do Piauí (Foto: Reprodução redes sociais)

Um motorista de aplicativo foi alvo de disparos de arma de fogo por volta das 13h30 deste domingo (31/10) na localidade de Barra Grande, na cidade de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí.

Ele atua em Parnaíba e estava levando o sobrinho até o local, que desde o começo do final de semana tem recebido diversos turistas devido a um evento que ocorre em um dos resorts.

Ao chegar a um certo ponto, o sobrinho, que estava como cliente, pediu que ele parasse para que ele fosse sacar um dinheiro no caixa eletrônico. Ao fazer a manobra, um carro branco com dois homens armados o abordou.

Eles chegaram atirando e atingiram o braço do motorista de aplicativo, identificado como Antonio Gilson. O sobrinho, identificado como Francisco das Chagas, também teria saído ferido, de raspão, no braço. Os criminosos deram a volta e fugiram.

Antonio foi levado para atendimento médico e depois transferido para o Hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. Ele passa bem. Francisco foi atendido em um posto de saúde ainda em Cajueiro da Praia. Acionada, a Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur) ainda não tem pista dos suspeitos.

Na manhã desta segunda-feira (1º/11), em uma reportagem da TV Clube, o jornalista Tiago Mendes afirmou que entrevistou o Major Danilo Palhano, que comanda a CIPTur, e este informou que há uma suspeita de que facções criminosas de Parnaíba tenham se deslocado para Barra Grande e estariam atuando. Isso se deve à grande quantidade de turistas que aproveitam o fim de semana seguido do feriado prolongado.(OitoMeia)

Deixe uma resposta