Nota de repúdio à redução de salários de servidores públicos do Piauí

O Sinte Piauí, vem a público manifestar o seu veemente REPÚDIO às medidas estabelecidas pelo governo Wellington Dias, envolvendo cortes nos salários dos servidores ativos e descontos nos proventos dos aposentados, supostamente, para custear a crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

O governo do Piauí, maquiavelicamente, usa como artifício o combate à emergência sanitária, para achatar ainda mais, não a curva da doença, mas os subsídios dos servidores piauienses ativos e aposentados, um processo de arrocho salarial que está sendo processado antes da pandemia.

Esta postura marca um franco ataque a classe trabalhadora deste estado, há meses denunciado pelo Sinte Piauí, pela perversidade similar ou até pior do que a perpetrada por governos anteriores, aumentando a crise sanitária e desfavorecendo o enfrentamento concreto à Covid-19.

Os servidores do estado do Piauí padecem com reformas, descontos e, agora, com o álibi de pandemia, cortes. Consequentemente, os servidores do estado terão acentuadas as dificuldades para manter a sua sobrevivência.  

Nesta perspectiva, este nefasto governo para a classe trabalhadora, vai de encontro a distintas recomendações técnica, até do próprio Fundo Monetário Internacional, que destacam como necessidade imperiosa no curso da pandemia, a garantia de renda e salários para os trabalhadores. A linha oposta, assimila a política econômica ultraliberal, se aproveitando da crise para reduzir salários.

Apelar para a redução salarial, além de degradar as condições de vida dos servidores ativos e aposentados e de suas famílias, deixa evidente o quanto é insano e monstruoso jogar a conta da pandemia sobre as costas do trabalhador piauiense.

O governador Wellington Dias pode e deve, por obrigação, no atual cenário, procurar soluções emergenciais no combate a crise sanitária, contudo, não pode, levianamente, se aproveitar desta obrigação para aumentar a perseguição que há anos exerce sobre os servidores e servidoras do Piauí.

Dessa forma, o Sinte Piauí mantendo-se aguerrido em prol dos trabalhadores e trabalhadoras em educação da rede estadual, REPUDIA os atos insanos de redução salarial, especialmente pela categoria já ter sido, criminosamente, penalizada pela Reforma da Previdência.

Teresina, 26 de maio 2020.

Diretoria Sinte Piauí

Wellington responde a Valdeci Cavalcante: “fora da lei será combatido na forma da lei”

Em entrevista concedida ao GP1, na manhã desta quarta-feira (27), o governador Wellington Dias (PT-PI), se pronunciou sobre a decisão da Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomércio), através de seu presidente Valdeci Cavalcante, de retomar algumas atividades econômicas, consideradas não essenciais, mesmo com o decreto em vigor que impõe o isolamento social como forma de conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Valdeci e W. Dias

Wellington advertiu que toda e qualquer decisão que for tomada em desobediência à lei será combatida legalmente. Ele informou ainda que tem dialogado com o setor e que o acerto é para apresentação de um protocolo com sugestões para retomada das atividades econômicas.

“O setor do comércio que tem dialogado com o Estado, disse que vai apresentar proposta de protocolo e receberemos de bom grado. Fora da lei será combatido na forma da Lei”, avisou o governador.

Entenda o caso

O presidente do Fecomércio, o advogado Valdeci Cavalcante, em entrevista ao GP1 na tarde dessa terça-feira (26), disse que iria retomar imediatamente as obras de construção civil do Sesc/Senac e que lojas dos bairros de Teresina vão reabrir nos próximos dias, mesmo vigorando os decretos de isolamento social por conta da pandemia de coronavírus (covid-19).

O advogado ressaltou que esse é um ato desesperado dos setores, que lutam para sobreviver em meio à crise econômica. A decisão foi tomada em reunião com diversos setores empresariais, realizada no auditório da Fecomércio na manhã de ontem.

“Alguns [setores] decidiram pela abertura, alguns vão abrir, por exemplo, o Sesc e Senac têm cerca de oito obras paradas no Piauí e nós vamos retomar todas, já mandei retomar e já estamos nos preparativos, porque a Construção Civil tem um decreto federal que se sobrepõe ao decreto estadual e municipal, o presidente Bolsonaro, com base legal editou o decreto, dizendo que Construção Civil é atividade essencial”, declarou Valdeci.(Gp1)

Parte dos respiradores que foram confiscados pelo Ministério da Saúde chegam ao Piauí

A Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi), recebeu na tarde desta quarta-feira (27) vinte respiradores mecânicos comprados pelo Governo do Estado que haviam sido confiscados pelo Ministério da Saúde. Através de mandado de busca e apreensão, os equipamentos foram localizados em São Paulo e o governo enviou avião para o resgate imediato.

A busca e apreensão foi determinada pelo juiz Márcio Braga Magalhães, da 2ª Vara Federal, que solicitou ao Ministério da Saúde a devolução dos equipamentos ao Piauí, que haviam sido retidos a pedido do Governo Federal para distribuição em outros estados. A compra dos respiradores foi feita antes da pandemia do novo coronavírus e o Governo do Piauí foi surpreendido com o confisco do Ministério da Saúde.

Os respiradores fazem parte de um lote de 81 equipamentos adquiridos pelo Governo do Estado que estavam retidos. O restante do lote deve ser entregue nos próximos dias, já garantidos também por decisão judicial. De acordo com o secretário Florentino Neto, dos vinte respiradores, onze serão destinados à ampliação da UTI do Hospital Natan Portela; cinco vão ser colocados no Hospital de Campanha do Ginásio Verdão e quatro serão deslocados para o Hospital Getúlio Vargas (HGV).

Os respiradores são acionados nos casos mais graves da Covid-19, ajudando o paciente a recuperar a capacidade do tecido pulmonar. O secretário Florentino Neto acredita que, com a chegada dos respiradores, o sistema de saúde terá uma situação “mais confortável”. “Além de toda essa iniciativa, nós estamos em tratativas para trazer mais respiradores da Turquia em uma contratação feita pelo Estado”, diz ele. Na sexta-feira (29) mais 100 respiradores devem chegar ao Estado vindos da Turquia. A compra foi feita pelo Consórcio Nordeste.(Laurivânia Fernandes)

Grupo Elizeu Martins: Nota de Esclarecimento

O GRUPO ELIZEU MARTINS vem a público esclarecer acerca de uma mensagem falsa que circula na rede social “whatsapp” que diz existir no nosso estabelecimento localizado na guarita 15 funcionários afastados por estarem com COVID-19, e que devido a isso pede que algumas pessoas conhecidas suas para não irem realizar suas compras no estabelecimento citado, pois conhece uma pessoa que supostamente contraiu o coronavírus dentro do estabelecimento já citado, após ser convidado para trabalhar pelo representante legal do grupo Elizeu Martins.

Cabe informar que Fake News é crime, portanto a pessoa que divulga, assim como a pessoa que compartilha sem buscar conhecer a veracidade da mensagem recebida, poderá, criminalmente e civilmente, serem responsabilizadas.  O Grupo Elizeu Martins já esta tomando todas as medidas necessárias para que a(s) pessoa(s) seja(m) punida(s) na forma da lei.

E, para demonstrar que o áudio que circula no Whatsapp é mentiroso, o supermercado Elizeu Martins leva a conhecimento de todos, dois pontos importantes que contradizem o que o(a) criminoso(a) diz:

1) O estabelecimento citado tem somente 6(seis) funcionários, não estando nenhum ate a presente data com qualquer sintoma gripal;

2) o representante legal da Grupo Elizeu Martins não chama ninguém para trabalhar, pois existe um departamento especifico para realizar tal função e só começa a trabalhar quando todos os tramites necessários a admissão estão concluídos.

Diante do exposto acima, pedimos que as pessoas não divulguem e nem compartilhem noticias falsas (fake News), em especial a que já citamos, pois, além de ser crime, gera pânico a todos, agravando-se pelo fato de estarmos passando por uma pandemia, o que já deixa todos psicologicamente afetados negativamente.  Infelizmente, ainda temos que lutar contra as pessoas que se escondem atrás das mensagens falsas para disseminar inverdades, prejudicando empresas e pessoas, sem qualquer pudor.

Por fim, queremos tranquilizar a todos os nossos clientes e colaboradores, pois não existe nada de verdade no áudio que circula na rede social de que o vírus está em uma de nossas, pelo contrario, estamos realizando trabalho de higienização nos carrinhos, disponibilizamos pia com detergente liquido na entrada de todas as nossas lojas para higienização das mãos, álcool liquido e em gel 70% tanto na entrada como em outros locais específicos dentro da loja, além de terceirizar uma empresa para realizar periodicamente o processo de sanitização de toda a loja, além de só permitimos a entrada de funcionários e clientes com mascara, desta forma acreditamos que manteremos um ambiente mais saudável e seguro para todos que ali se encontram.

Parnaíba, 27 de maio de 2020

Grupo Elizeu Martins Supermercados

Coronavírus no Piauí registra triste recorde: 15 mortes em um único dia

O Piauí bateu recorde de mortes por coronavírus nas últimas 24 horas: 15 óbitos. Os números foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde no início da noite desta terça-feira, 26. Os municípios que registraram óbitos são Barras, Buriti dos Montes, Campo Maior, Demerval Lobão, Esperantina, Parnaíba e Teresina.

De acordo com o boletim epidemiológico, as pessoas que faleceram em decorrência do novo coronavírus são 10 do sexo masculino e 5 do sexo feminino. Os homens tinham 74 anos (Barras); 65 anos (Buriti dos Montes); 82 anos ( Campo Maior) e 47 anos, 55 anos, 62 anos, 63 anos , 67 anos , 69 anos , 69 anos (Teresina).

Já as mulheres tinham 76 anos (Demerval Lobão), 74 anos (Esperantina), 74 anos (Parnaíba) 82 anos e 85 anos (Teresina). Com exceção de um paciente de 63 e um de 69 anos, da Capital, os demais tinham comorbidades relacionadas.

Dos 246 novos casos divulgados no boletim de hoje, são 135 mulheres e 111 homens, com idades que variam de 1 mês a 98 anos.

Brasileira, Curral Novo do Piauí, Guadalupe, Milton Brandão, São João da Fronteira e Varzea Branca entraram na lista de municípios com os primeiros casos confirmados do novo coronavírus.

Agora, são 146 cidades que possuem casos registrados de covid-19. Campo Largo, que constava na relação, sai da lista de municípios com casos positivados, por conta da inconsistência de dados na notificação . No total, o Piauí possui 3966 casos positivos de Covid-19 e 134 mortes pela doença.(Nataniel Lima)

Firmino Filho torra R$ 136 mil da Covid-19 com 400.000 cartazes

#FIQUEMEMCASA – O prefeito de Teresina, Firmino Filho, continua liberando grana para publicidade a todo vapor no período da pandemia do Coronavírus.

Esta semana a gestão de Firmino pagou com dinheiro público de combate à pandemia os serviços a ADV-6, uma das agências de publicidade que a Prefeitura de Teresina contratou para divulgar suas ações nos meios de comunicação(TVs, rádios, jornais, portais etc.).

Foram pagos R$ 136 mil para a ADV-6, sendo que R$ 124 mil vão para gráfica que imprimiu 400 mil cartazes do coronavírus.

É um serviço difícil de ser atestado e fiscalizado. Daria pra distribuir cartazes para quase metade da população de Teresina, ou comprar 1.400 testes rápidos que o Prefeito está obrigando as empresas a fazerem em seus clientes.(Código do Poder)

Deputados defendem crédito para micro e pequeno empreendedor

A Frente Parlamentar em Defesa das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Piauí debateu com o Sebrae e instituições financeiras, as dificuldades de acesso às linhas de créditos disponibilizadas aos pequenos negócios. Por meio de videoconferência, os deputados pediram ações que possam facilitar o acesso dos pequenos ao crédito diante da crise financeira provocada pela pandemia do coronavírus.

“A Frente Parlamentar está atenta aos efeitos da pandemia na economia. Nesse momento, estamos debatendo com os deputados, o Sebrae, as instituições financeiras e demais parceiros como podemos nos unir em prol dos pequenos negócios e assim minimizar os efeitos da crise”, disse o deputado Franzé Silva.

No Sebrae, o diretor superintendente Mário Lacerda disse que o serviço encontra-se alerta às necessidades dos empreendedores no momento de pandemia. 

“A reunião foi muito importante para discutirmos as principais ações no que se refere ao acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas. Todos os bancos, a Frente Parlamentar e demais parceiros estão atentos a importância desse tema para que a retomada das atividades econômicas seja efetiva”, destacou. 

Os deputados e o Sebrae participam das discussões sobre a retomada gradual das atividades econômicas.(Lídia Brito)

No governo federal, Ciro Nogueira reforça parcerias com Firmino e Mão Santa

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) foi recebido nesta terça-feira,26, pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e acertou liberação de R$ 11 milhões para a prefeitura da capital retomar o projeto de corredores de transportes coletivos, importante segmento nas ações de mobilidade urbana em Teresina.  

Ciro também reforçou parcerias que beneficiam a gestão do prefeito Mão Santa (DEM), no município de Parnaíba. Até visita do ministro está sendo agendada nas duas principais cidades do estado.(Elivaldo Barbosa./ Edição:B.Silva)

Valdeci Cavalcante vai retomar obras do Sesc e comerciantes vão abrir na marra

O presidente da Fecomércio, Valdeci Cavalcante, anunciou ontem no final da tarde em entrevista à mídia  que já autorizou a retomada de 8 obras do círculo da Fecomércio em todo o estado.

Segundo Valdeci, a Construção Civil se ampara a um decreto nacional que sobrepõe o município  e ao estado, como um serviço essencial. Para o presidente até o fim de semana comerciantes de bairros de Teresina também abrirão suas portas por que não suportam mais. Ele não quer esperar a programação gradual do governo e do município de Teresina, que sem dúvida é o correto, pois essas autoridades tem o conhecimento da situação de perto.

Por outro lado, a situação da economia também é muito delicada, no entanto, sempre é bom lembrar que qualquer precipitação pode custar vidas.(Por:Silas Freire)

Live com Ciro Nogueira e o ministro Marcelo Álvaro debaterá turismo no pós-pandemia

A Rede Pense Piauí vai transmitir nesta quarta-feira (27/05), através do seu canal no Youtube, uma live com a participação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro e do senador Ciro Nogueira (Progressistas), num debate sobre o planejamento estratégico para o turismo após a pandemia do novo coronavírus.

O setor é um dos mais afetados com as medidas de isolamento social. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), desde o dia 11 de março, as perdas somam R$ 62,5 bilhões. A live inicia às 16h e será mediada pelo empresário Ehrlich Cordão.(Apoliana Oliveira)

Empresário Valdeci Cavalcante diz que Senac fechará unidades no Piauí

O empresário e Presidente da Federação do Comércio do Piauí, Valdeci Cavalcante, afirmou que o Senac-PI deve fechar pelo menos cinco unidades no estado devido a crise financeira causada pela pandemia do coronavírus. 

“O Senac está preparado para fechar o de Campo Maior, de Barras, do Parque Piauí [em Teresina], de Bom Jesus e José de Freitas”, disse.

Valdeci afirmou ainda que, com o fechamento do comércio no Piauí, aproximadamente 70 mil pessoas ficarão desempregadas.  

“Estamos ‘beirando’ aqui no Piauí, 70 mil pessoas desempregadas agora em julho. Quando terminar esse auxílio que o Bolsonaro está dando, vai começar a grande miséria”, frisou. (Bruna Sampaio – R10))

Com multas de até R$ 25 mil, MP alerta para propaganda eleitoral antecipada no interior

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), por meio da 5ª Zona Eleitoral do Piauí, que abrange os municípios de Oeiras, Santa Rosa do Piauí e São João da Varjota, expediu recomendação para propaganda eleitoral antecipada.  A recomendação foi destinada a emissoras de rádio e televisão locais, pré-candidatos e partidos políticos.

O órgão recomenda que se abstenham de transmitir, antes de 16 de agosto, qualquer propaganda eleitoral que implique em veiculação paga e de utilizar indevidamente os meios de comunicação social em benefício de pré-candidato ou partido político, incluindo divulgações de ações sociais.

“A propaganda eleitoral veiculada antes de 16 de agosto, se não estiver nos estritos limites do Art. 36-A da Lei nº 9.504/97, caracteriza o ilícito eleitoral previsto no art. 36, § 3º, da mencionada lei, para o qual há previsão de multa de R$ 5.000,00 a R$ 25.000,00”, explica o promotor eleitoral Vando da Silva Marques. 

Mídias sociais

O MP ainda alerta que o impulsionamento de conteúdo em mídias sociais e em outras plataformas podem configurar propaganda eleitoral antecipada.(Cidadeverde)

 

Compra de respiradores: “Consórcio Nordeste” poderá dar calote milionário no Piauí

O Governo do Piauí pode levar um calote de mais de R$ 4 milhões na compra de respiradores. Trata-se de uma compra feita através do Consórcio Nordeste. Cada estado da região repassou dinheiro para que o Consórcio, presidido pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), fizesse a compra dos respiradores numa empresa dos Estados Unidos.

Eles pagaram antes de receber (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

No entanto, a compra do material foi cancelada e os respiradores nunca chegaram ao Brasil. Mas o pior de tudo é que o Governo da Bahia, que representou o Consórcio na compra, antecipou o pagamento de uma parcela de R$ 49 milhões. O valor se referia a 80% do preço de um lote de 600 respiradores que deveriam ter sido entregues até 20 de abril. A Bahia ficaria com metade do carregamento e o restante com os demais estados.

Conforme matéria do jornal Folha de S. Paulo publicada no dia 7 de maio, o representante da empresa norte-americana Ocean 26, da Califórnia, que assinou o contrato com o Governo da Bahia, já teve o nome envolvido em suspeitas de corrupção, nunca comprovadas, no clube de futebol São Paulo. O nome dele é Jack Banafsheha.

Informação obtida pelo Política Dinâmica através de fonte da Secretaria de Fazenda do Piauí (Sefaz) deu conta de que cerca de R$ 10 milhões teriam sido repassados pela Sefaz para a Secretaria de Saúde do Piauí destinados à compra dos respiradores via Consórcio Nordeste. Em alguns setores do Governo, muitos não creem mais na chegada dos produtos.

Florentino admite que Piauí repassou recursos ao CN (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)Florentino admite que Piauí repassou recursos ao CN (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

Ao Política Dinâmica, o secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto (PT), confirmou que o Governo do Piauí antecipou valor para a compra, mas disse que foi pouco mais de R$ 4 milhões. Florentino argumentou que a compra foi prejudicada em razão da corrida mundial por respiradores e da interferência dos Estados Unidos, mas garantiu que o Consórcio Nordeste está fazendo todos os esforços para ainda garantir o recebimento dos produtos.

“A compra foi prejudicada em razão do mercado e da interferência dos Estados Unidos. O Consórcio está envidando todos os esforços para garantir o recebimento dos produtos. Essa compra foi uma compra que nós, na verdade, colocamos os recursos à disposição do Consórcio Nordeste e a compra foi toda executada pelo Consórcio. Nós compramos ali quatro milhões e pouco, não me lembro ao certo. Mas foi quatro milhões e pouco”, informou Florentino.

Apesar do secretário ainda falar que acredita na chegada dos aparelhos, o próprio Governo da Bahia, que representou o Consórcio Nordeste na compra, não acredita mais. Conforme matéria da Folha de S. Paulo, no dia 29 de abril a Secretaria de Saúde da Bahia notificou a empresa norte-americana sobre o cancelamento do contrato e solicitou o reembolso do adiantamento pago. Até a publicação da matéria da Folha, o dinheiro não havia sido devolvido.

A reportagem do Política Dinâmica procurou esta semana o Governo da Bahia, cujo governador é presidente do Consórcio Nordeste, para saber se os valores foram devolvidos. Os assessores do governador Rui Costa não deram resposta. O PD procurou também a Secretaria de Saúde da Bahia, que prometeu se posicionar, mas não enviou resposta até a publicação da matéria.

Compra foi feita pelo Consórcio Nordeste (Foto: Marina Silva/Correio24Horas)Compra foi feita pelo Consórcio Nordeste (Foto: Marina Silva/Correio24Horas)

Trade aposta no turismo da Rota das Emoções após a pandemia

O turismo foi um dos setores mais afetados com a pandemia do novo coronavírus. Pensando nisso, empresários do trade que compõe a Rota das Emoções no Piauí se articulam para a retomada do destino que integra ainda os estados vizinhos Ceará e Maranhão e é considerado um dos mais famosos do país.

Revoada dos Guarás – Delta do Parnaíba

A Rota das Emoções engloba 14 cidades, além de áreas de proteção como o Delta do Parnaíba, entre Piauí e Maranhão; o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e o Parque Nacional de Jericoacoara, no litoral oeste cearense.

Os empresários se mostram confiantes para dar continuidade ao trabalho. “Nós estamos em um momento muito difícil, mas tenho certeza que vamos voltar com muita força. Nós somos um grupo forte e estamos aproveitando esse momento para irmos nos repaginando, estabelecendo protocolos de higiene e segurança”, frisa o empresário do ramo hoteleiro em Barra Grande, Roberto Zigert.

Dunas no Delta do Parnaíba

“O cenário de sol e praia, longe de toda aglomeração, será um dos pontos para a procura dos turistas pela rota. Estamos conversando, buscando nos alinhar para a retomada ser um sucesso assim como sempre foi. Recentemente nos unimos e trabalhamos a divulgação de um vídeo que mostra tudo que a Rota das Emoções tem de melhor e será impossível não se emocionar”, ressalta o empresário do setor de agências, José Roberto Piovan.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, ressalta que, na prática, viagens só serão realizadas com segurança, depois que órgãos nacionais e internacionais, como o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS), indicarem que é seguro, mas reforça sobre as previsões de retorno.

“Temos conversado com representantes de outros estados, do governo federal e, por enquanto, a previsão é que o turismo terá sua retomada em fases, sendo a primeira para julho, voltando com o turismo regional, aquele que se utiliza o carro próprio, dentro de seu estado, a partir de outubro a previsão de turismo nacional, com a volta dos voos dentro do país. Já o turismo internacional, acreditamos realmente que só volta em 2021”, finaliza o gestor. (MN)

Empresário Abdon Teixeira morre na UTI do Hospital Marques Bastos

Faleceu nesta tarde de terça-feira(26), o empresário Abdon Teixeira, 80 anos. (grupo Q´Odor). Estava internado na UTI da maternidade Marques Bastos com problemas coronários. 

Seu corpo será velado apenas para família de acordo com as normas do ministério da saúde.  O falecido deixa 04 filhos, a saber: Bernardo Lapuente, Carlos Ofir Lapuente Teixeira, Maurício Teixeira e Maura Teixeira. 

Abdon Teixeira, além do grupo Q-Odor, em Parnaíba, foi também proprietário do Rio`s Restaurante, no Porto das Barcas. E presidiu a ASERPA (Agência Parnaibana de Regulação de Serviços Públicos ), da prefeitura de Parnaíba, no inicio do do governo Mão Santa.

Ex-governador Zé Filho tem alta após ser internado com suspeita de covid-19

O ex-governador Zé Filho recebeu alta hospitalar. Ele estava internado após apresentar sintomas do coronavírus. Segundo boletim médico, o paciente apresentou melhora  completa do padrão respiratório e laboratorial. 

Zé Filho já se encontra em casa, com a família. Ele seguirá os protocolos em casa. Ainda não confirmação se o ex-governador estava ou não com covid-19. 

Supostas caixas de navio alemão da 2ª guerra aparecem nas praias do Coqueiro e Atalaia, no Piauí

Um leitor do OitoMeia que pediu para não ter seu nome identificado encontrou, durante um passeio pelas praias do Coqueiro e Atalaia, localizadas na cidade de Luís Correia, litoral do Piauí, algumas esquisitas caixas espalhadas.

Ele fez algumas fotos e enviou à Redação do portal. Os registros foram feitos na manhã do domingo passado(24/05). As caixas são semelhantes às que foram encontradas em algumas outras praias do litoral do Nordeste do Brasil desde outubro do ano passado.

Confira as fotos:

Pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) descobriram que as caixas encontradas em algumas praias nordestinas são provenientes de um navio alemão que naufragou pela região no ano de 1944. Os materiais são grandes fardos de borracha, mas ainda não se sabe para que eram utilizados. Em uma das caixas havia uma placa metálica com inscrições em alemão, que foi a principal pista para a descoberta da origem das caixas.

A placa foi encontrada quando a equipe pesquisava o ponto de vazamento de manchas de óleo que atingiu diversas praias do Nordeste. O mistério das caixas começou em outubro do ano passado, após o primeiro aparecimento em Alagoas. No Ceará, os fardos apareceram nas praias de Aracati, Camocim, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Trairi e Pecém, além do Serviluz, em Fortaleza. De acordo com o professor Luís Ernesto Bezerra, cerca de 200 caixas foram encontradas em todo o litoral.

O navio alemão, segundo o estudioso, naufragou entre 1º e 4 de janeiro de 1944, mas só foi descoberto mais de 50 anos depois, em 1996, a cerca de mil quilômetros do litoral. Carlos Teixeira começou então um trabalho de simulação para confirmar que as caixas poderiam chegar até a costa nordestina e obteve a confirmação no final do ano passado: “Temos 99% de certeza dessa origem”. Luís Ernesto Bezerra explicou, na época, ao portal G1 Ceará, por que os fardos de borracha começaram a aparecer recentemente. “Navios naufragados começam a sofrer corrosão, então, décadas depois, começam a vazar as suas cargas. E por ter acontecido no Oceano Atlântico perto do Nordeste, elas [as caixas] chegaram até aqui”, diz.(Redação OitoMeia)

Sem turismo de negócios pós-pandemia, Teresina precisa se reinventar

Venâncio Cardoso

Por Arimatéa Carvalho

O turismo de negócios que movimenta diversos setores da economia em Teresina vai ter uma queda brutal após o pico da pandemia do novo coronavírus. Hotéis, locação de veículos, transporte individual de passageiros, bares e restaurantes estão entre os segmentos mais impactados com a queda no número de visitantes. A avaliação do ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Venâncio Cardoso, é que Teresina terá de se reinventar. 

“No mundo dos negócios, muitas viagens serão substituídas por videconferências e reuniões remotas”, antecipa o vereador do PSDB. Infelizmente, ele tem razão. A pandemia da Covid-19 vai significar um imenso desafio econômico para Teresina.

O parlamentar cita estudos recentes que mostram que as viagens tenderão a ser de curta ou média distância, com queda no tráfego aéreo.

Justiça nega retorno de academias, barbearias e salões de beleza no PI

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) negou a ação para o retorno das atividades de academias, barbearias e salões de beleza no Piauí durante a pandemia do novo coronavírus. O pedido pedia o retorno dessas atividades “sem irregularidades e/ou aplicação de multas”.

Crédito:Raíssa Morais/JMN

O desembargador Edvaldo Moura negou, por meio de decisão monocrática, um pedido formulado contra o governo do Estado do Piauí que pleiteava o retorno das atividades comerciais em academias, barbearias e salões de beleza, suspensas pelas iniciativas de combate ao coronavírus. Além disso, o pedido instava pela não decretação de lockdown parcial dentro da esfera estadual.

Segundo o texto da decisão, o pedido formulado põe em cheque a legalidade dos atos do Executivo estadual; mas já há um entendimento sumulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), além de entendimentos do próprio Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), que ditam que “não cabe mandado de segurança contra lei em tese”. Portanto, o meio jurídico utilizado pelos autores do pedido, diz o texto, é “inviável”.

A decisão do desembargador Edvaldo Moura também lembrou o quadro sanitário preocupante suscitado pela pandemia do coronavírus, citando os números mais recentes da doença no Brasil e no mundo. Até então, quase 300 mil pessoas se encontravam acometidas pela doença  no País — cerca de 3 mil destas no Piauí. “Os dados são objetivos e, apesar das subnotificações existentes, já demonstram números assustadores”, diz o desembargador, que também afirma: “o fato de se limitar a ida à academia ou salão de beleza, pode, de fato, violar o direito fundamental de quem nesses lugares quiser ir – o seu direito de liberdade. Mas não justifica a tomada de decisão em excepcionar a medida de cunho sanitário para se evitar o alastramento da doença”.(MN)

Hospital São Paulo recorre ao MP para cobrar R$ 2,24 milhões devidos pela SESAPI

RISCO DE SUSPENDER ATENDIMENTOS – O Ministério Público do Estado do Piauí, através do promotor Eny Marcos Vieira Pontes, deu prazo de cinco dias para que os secretários de Fazenda, Rafael Fonteles, e de Saúde, Florentino Neto, tomem providências com relação à existência e quitação de uma dívida do Estado do Piauí com o Hospital São Paulo na ordem de R$ 2,24 milhões.

O Hospital São Paulo tem atendido casos de alta complexidade de pacientes do SUS com doenças cardíacas graves. Como a rede estadual é precária, inclusive já sendo alvo de Ação Civil Pública por parte do Ministério Público Federal, os atendimentos na rede privada estariam recebendo cobertura por parte do poder público.

Mas os valores estariam atrasados desde agosto de 2019. O ofício que o blog Código do Poder teve acesso revela que desde janeiro deste ano que o Ministério Público Estadua aguarda resposta por parte do secretário de Fazenda, Rafael Fonteles. Agora, a pressão também foi passada para o secretário de Saúde, Florentino Neto.

Sem poder fazer os demais atendimentos eletivos por conta das restrições impostas pelo próprio poder público para garantir o isolamento social, o Hospital São Paulo informou ao promotor que teve uma queda de 70% em suas receitas.(Código do Poder)