Brasil suspende compra de respiradores no exterior

O novo secretário do Ministério da Saúde, Carlos Wizard, anunciou que o Governo Federal suspendeu toda e qualquer compra de respiradores do exterior. A medida busca fortalecer a indústria nacional, que tem um compromisso de dar conta da demanda.

Atualmente, se gastava de 20 a 30 mil dólares com um aparelho, agora, a intenção é otimizar a indústria local e incentivar a produção dos equipamentos em maiores quantidades. O novo secretário ainda disse que, mês passado a indústria nacional conseguiu entregar 1.600 aparelhos.

A experiência de mercado de Wizard pode ser muito importante em um momento como esse.

TCU revela que 8,1 milhões de pessoas podem ter recebido auxílio emergencial indevidamente

Um dos lados perversos da pandemia provocada pelo novo coronavírus é a exacerbação da desigualdade social existente no Brasil. Os mais pobres tornaram-se ainda mais vulneráveis com o avanço da Covid-19. Muitos brasileiros não dispõem das ferramentas básicas para enfrentar a doença, que são água potável e sabão. Outros tantos não dispõem sequer de um teto quando a ordem é para ficarem dentro de casa. E há ainda aqueles que simplesmente não têm o que comer.

É para tentar socorrer essa legião de desassistidos que foi lançado o programa de auxílio emergencial, no valor de R$ 600 por mês. Uma quantia muito pequena, que representa metade do salário mínimo, e que deveria chegar aos informais, autônomos, microempreendedores e desempregados atingidos pela pandemia.

Mas os corredores da burocracia acabaram por promover distorções inadmissíveis em um momento de crise como o atual. O parecer do Tribunal de Contas da União, que deve ser votado hoje, aponta para o risco de 8,1 milhão de pessoas terem recebido o benefício indevidamente, enquanto milhões de brasileiros continuam sem receber qualquer ajuda.

Desde o início do pagamento, as denúncias são frequentes. Já foram identificados brasileiros residentes no exterior que estariam recebendo o auxílio, assim como integrantes das Forças Armadas. Enquanto isso, passados mais de dois meses do início do programa, ainda tem gente com direito ao benefício aguardando a liberação do dinheiro. Tudo o que essas pessoas recebem como resposta é um protocolar “em análise”.

Ainda segundo o TCU, o pagamento indevido do auxílio emergencial representa algo em torno de R$ 3,6 bilhões ao mês. Dinheiro que deixou de ser pago a quem efetivamente está passando fome para cair na conta de quem não precisa. Mais um vexame para a conta do Brasil e para dor dos brasileiros.

Idoso é morto em avenida de Parnaíba após ter bicicleta roubada

Um homem de 62 anos, identificado como Antônio de Sousa Vasconcelos, foi morto por volta das 5h30 desta terça-feira(02), na avenida São Sebastião, no Centro de Parnaíba (a 320 km de Teresina). A suspeita é que ele tenha sido alvo de latrocínio (roubo seguido de morte). 

De acordo com o comandante do 2º Batalhão, coronel Antônio Pacífico, a vítima trafegava de bicicleta quando foi rendido por duas pessoas. 

“As informações dão conta de que ele foi abordado por dois indivíduos, que teriam roubado a bicicleta e desferidos facadas nele, uma delas no peito. O Samu foi ao local e atestou o óbito. O IML também compareceu e recolheu o corpo”, afirmou o coronel.

A PM fez diligências no sentido de identificar e prender os suspeitos, mas nenhum foi encontrado. A Polícia Civil investiga o caso. 

Caroline Oliveira

Hospitais filantrópicos do Piauí receberão mais de R$ 15 milhões

O estado do Piauí receberá mais de R$ 15 milhões para repasse às Santas Casas e hospitais filantrópicos. A autorização foi dada na portaria nº 1.448/2020, do Ministério da Saúde, publicada no Diário Oficial da União e integra a segunda parcela de recursos emergenciais propostos em projeto de lei do senador José Serra (PSDB-SP), o qual foi aprovado estabelecendo a transferência de R$ 2 bilhões ao setor filantrópico para ações de controle do avanço da pandemia de Covid-19.

Santa Casa de Misericórdia em Parnaíba

Confira a lista dos hospitais beneficiados:

  • Santa Casa de Parnaíba
  • Instituto Práxis – Núcleo Hospitalar Parnaíba
  • SPMIP – Hospital e Maternidade Marques Basto – Parnaíba
  • Hospital Petrolina
  • Hospital Santa Cruz
  • Maternidade CM
  • Hospital São Carlos Borromeo
  • Hospital São Marcos
  • Marcolândia
  • Fundação Hospital Joaquim Semeão

*Lista repassada pela assessoria

Entidades Filantrópicas
A quantia, que é o maior valor já conseguido para o setor, foi resultado de trabalho intenso da CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas) e que contou com o empenho do deputado federal Antonio Brito (PSD-BA), que preside a Frente Parlamentar das Santas Casas e de outras lideranças parlamentares.

“É uma grande conquista para o setor filantrópico piauiense, que nunca havia recebido uma quantia dessa magnitude”, salientou o presidente da CMB, Mirocles Véras. “A CMB e a FEMIPI (Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos do Piauí) vêm lutando incansavelmente pelos hospitais filantrópicos e muitas vitórias já foram conquistadas. Nosso trabalho continua de forma aguerrida e intensa para que as necessidades do setor, que tanto faz pela saúde do povo brasileiro, tenham soluções que nos permita fazer muito mais”, conclui.(Fonte: Com informações da assessoria)

Sem iniciar ano letivo em 2020, Uespi continua com aulas suspensas até julho

O calendário acadêmico da Universidade Estadual do Piauí  (Uespi) continuará suspenso até o dia 31 de julho de 2020 devido a pandemia da Covid-19. Atualmente, cerca de 12 mil alunos matriculados regularmente na instituição – que possui 12 campus – estão com as aulas suspensas desde abril, após decreto do Governo do Estado que reforça o isolamento social. 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

O pró-reitor de Administração da Uespi, Pedro Soares, ressalta que o período 2020.1, até o momento, não foi iniciado porque o retorno das aulas – após férias – estava previsto para o mês de abril, quando o decreto que suspende as aulas passou a vigorar em todo o estado.  O ano letivo de 2019 terminou em 2020 devido a greve dos docentes no ano passado. 

“Ficamos com as aulas suspensas até final de julho e vamos estudar a possibilidade de retornas a atividade docente a partir de agosto, a depender da evolução da pandemia no nosso estado. No momento, aguardamos decreto do Estado, que deve sair na próxima semana, para o retorno das atividades administrativas mesmo que em sistema de rodízio. Já as aulas presenciais não temos previsão, talvez a partir de agosto”, diz Soares.

Um comitê de gestão de crise da Uespi acompanha as ações do Governo do Estado e a evolução da pandemia. “Esse comitê já planeja as adequações que deverão ser feitas com o retorno das atividades. Estamos com cursos abertos para a especialização dos docentes. A atividade docente deve retomar com aulas remotas”, explica.

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, as universidades precisam cumprir os 200 dias letivos. Provavelmente, o ano letivo de 2020 – se transcorrer normalmente sem redução de horas – deverá terminar somente em 2021. 

.Carlienne Carpaso

Bebê morre sufocado após pais dormirem por cima da criança em Lagoinha do Piauí

Os pais de um bebê, de apenas 1 mês de vida, identificados como Francisco Lopes Ribeiro e Maria do Socorro Pereira de Oliveira, foram detidos nesta segunda-feira (1º/06), na comunidade Estaca Zero, zona rural de Lagoinha do Piauí. Eles são suspeitos de terem dormido por cima do filho. A criança morreu. As informações são do Canal 121. 

Segundo informações da Polícia Militar, os pais da criança teriam saído da casa na noite de domingo (31/05) para beber em um bar na própria comunidade. Na madrugada, ao retornarem, dormiram por cima do filho sem perceber. Ao acordar, viram que a criança estava sem vida.

“Hoje pela manhã eu recebi um telefonema, que havia uma criança morta em uma residência na localidade Estaca Zero, que pertence a Lagoinha do Piauí. Chegando ao local, comprovamos que aparentemente a criança de 1 mês de vida, estava morta. O que aconteceu? O pai e a mãe dormiram na cama com a criança no meio e, com certeza, alguém rolou por cima e a criança sufocou, veio a óbito, mas a perícia é quem vai dizer”, pontuou o subtenente.

Ainda de acordo com o comandante, equipes do Conselho Tutelar de Lagoinha do Piauí afirmaram que os pais fazem consumo excessivo de bebida alcoólica e a mãe da criança é usuária de drogas.

Prefeitura de Phb devolve respiradores por não atenderem às especificações necessárias e rescinde contrato

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Equipe Técnica da Prefeitura de Parnaíba, nomeada pelo Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza (Mão Santa), testou os respiradores (ventiladores mecânicos) que vieram para o Hospital. N. S.de Fátima e, por não atenderem às especificações que são necessárias para o uso em pacientes com COVID-19, emitiu um laudo técnico desaconselhando o recebimento dos mesmos, razão pela qual foi realizada a devolução dos referidos respiradores.

O Prefeito Mão Santa exige teste técnico de qualquer equipamento e material, com atesto de laudo técnico da equipe composta por médicos, enfermeiros e fisioterapeutas. A Prefeitura de Parnaíba trabalha com transparência e austeridade. Procedeu-se, portanto, à imediata rescisão contratual unilateral por parte da Prefeitura de Parnaíba.

O Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima abre o setor de enfermarias com leitos e estabilização, e a Prefeitura de Parnaíba lança edital para compra de respiradores que, devido à grande procura no Brasil e no mundo, não se tem encontrado com tanta facilidade para entrega. A Prefeitura de Parnaíba informa  ainda que nenhum valor foi repassado ao fornecedor, pois o pagamento foi condicionado ao resultado positivo dos testes realizados pela equipe técnica.

Manifesto Estamos Juntos pede união do país

Cansada de assistir à polarização radical entre os extremos ideológicos em meio a uma pandemia que já ceifou mais de 29 mil vidas, a população começa a reagir. O movimento #EstamosJuntos ( http://movimentoestamosjuntos.org/) lançou um manifesto na internet conclamando a união do país para defender a lei,  a ordem, a política, a ética e o combate à corrupção, entre outros temas tão caros ao país. 

O movimento já coletou mais de 100 mil assinaturas desde sexta-feira à noite, reunindo artistas, jornalistas, políticos, escritores e juristas. O texto pede que os líderes e gestores políticos assumam a responsabilidade de unir a pátria e que deixem de lado projetos individuais. O documento começa dizendo que é formado por cidadãs, cidadãos, empresas, organizações e instituições brasileiras e fazem  parte da maioria que defende a vida, a liberdade e a democracia.

Dirigido à  esquerda, centro e direita, o manifesto faz o seguinte apelo: “Somos a maioria e exigimos que nossos representantes e lideranças políticas exerçam com afinco e dignidade seu papel diante da devastadora crise sanitária, política e econômica que atravessa o país”

De fato, é momento de união para combater o inimigo comum, o novo coronavírus. Cenas como a de ontem na Avenida Paulista, em São Paulo, não ajudam em nada e só atrapalham o enfrentamento à pandemia que segue fazendo vítimas diariamente. O Brasil já superou a Espanha e a França em número de mortes. Não podemos deixar que as disputas partidárias matem também a nossa esperança.(Por:Cláudia Brandão)

Casos de covid-19 aumentaram quase 700% em um mês no Piauí

A curva da evolução da covid-19 no Piauí se tornou quase uma reta em ascendência durante este mês de maio. Com o número de casos duplicando a cada oito dias e o número de confirmações ficando acima dos 120 a cada 24 horas, o Estado aumentou em 669% o número de diagnósticos da doença no intervalo de 30 dias.

Os cálculos levam em consideração os números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) em seus boletins diários. O boletim divulgado no dia 02 de maio, com os números referente ao dia 01 do mês, apontam que o Piauí contabilizava naquele momento 665 casos diagnosticados da covid-19. No último dado publicado na noite de ontem (31), o Estado já chegava a 5.119 casos confirmados.

Ao longo do mês de maio, a quantidade de casos de covid-19 registrados no Piauí se multiplicou por sete. E o aumento vertiginoso não se concentra apenas nos dados de confirmações. Os números de óbitos também deram um salto considerável: em 02 de maio, o Piauí tinha 26 mortes causadas pelo coronavírus. Na noite de ontem (31), já eram 168. O aumento foi de 546% em um mês. É como se em maio, o total de óbitos por covid-19 no Estado tivesse multiplicado por seis.

Um levantamento da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Painel da Covid-19 no Brasil já havia apontado que a cada uma semana, o Piauí vinha dobrando o número de casos confirmados de covid-19 e que a cada 12 dias, os números de óbitos duplicam. A expectativa do Comitê Gestor de Crise do Estado é de que em junho, o Piauí chegasse ao pico da pandemia conforme as projeções.

Vale lembrar que no atual momento, o Piauí possui apenas 33,2% dos leitos de UTI disponíveis para tratamento de covid e que a ocupação dos leitos com respiradores já está na casa dos 58% em todo o Estado. Pelo menos 158 municípios piauienses já possuem registros da doença.(Por: Maria Clara Estrêla)

Covid-19: ALEPI contrata empresa da filha da dona da Servfaz por R$ 93 mil

SANITIZAÇÃO DOS IMÓVEIS DA ALEPI – A Assembleia Legislativa do Piauí divulgou, através do seu Diário Oficial, que contratou a empresa Mais Facilites Limpeza de Prédios Eirelli para prestar serviços de sanitização dos seus imóveis: prédio principal, prédio anexo, TV e Rádio Assembleia etc. Ao todo seriam 16.600 metros quadrados.

Ao todo o contrato pode chegar a 93.217,40, caso sejam necessárias até 20 aplicações. A medida é para se evitar a proliferação do coronavírus nesses locais. CONFIRA AQUI

A Mais Facilites Limpeza de Prédios Eirelli (CNPJ 27.335.674/0001-01 ) pertence à estudante Camille Cunha, filha da empresária Daniela Duarte Cunha (foto), proprietária da empresa Servfaz.

A empresa está registrada na Receita Federal no mesmo endereço da Servfaz, na avenida Dom Severino, 679. (Código do Poder)

Cientista Nobel de química diz que isolamento matou mais gente que o Covid-19

Michael Levitt, cientista ganhador do prêmio Nobel de química e professor da universidade de Stanford, afirma que o lockdown não salvou vidas, pelo contrário, provocou diversos danos sociais e impediu que outras doenças fossem tratadas.
 Em entrevista ao jornal The Telegraph, no último sábado (23), Levitt declarou:
“Acho que pode ter custado muitas vidas. Ele salvou algumas pessoas de acidentes de viação, coisas assim, mas os danos sociais, como abuso doméstico, divórcios, alcoolismo, foram extremos. E você ainda tem aqueles que não foram tratados por outras doenças.”


Levitt criticou ainda as previsões apocalípticas dos epidemiologistas:

“O problema com os epidemiologistas é que eles acham que o trabalho deles é amedrontar as pessoas. Então você diz ‘haverá um milhão de mortes’ e quando existem apenas 25 mil você diz ‘é bom que você tenha escutado meu conselho’. Isso aconteceu com o ebola e a gripe aviária. É apenas parte da loucura.”(Feitosa Costa)

Estátua com máscara na Lagoa do Portinho anuncia o novo normal

Crédito: Facebook/reprodução.

A estátua de um praticante de kite surf na Lagoa do Portinho, localizada em Parnaíba, litoral do Piauí, ganhou novos ares com a pandemia do novo coronavírus. Como um alerta para que os esportistas fiquem em casa, foi colocada uma máscara no monumento para chamar atenção para o novo panorama global. Segundo moradores, os esportistas estão respeitando o isolamento social e não são vistos nas praias, dando exemplo à população.

O monumento fica em frente às belas dunas da Lagoa do Portinho, que é um grande atrativo para o esporte por conta dos ventos e águas calmas do conjunto de lagoas da região. .(Lucrécio Arrais- Meio Norte)

Nove estados já flexibilizam e mais 4 estudam retomada de atividades

A semana que começa traz um novo desafio neste período de pandemia que já dura quase dois meses e meio: a retomada de atividades não essenciais. Nove estados já adotam medidas de flexibilização da quarentena e pelo menos outros quatro formaram grupos de estudos que podem levar à retoma de diversos setores da economia a partir do dia 8 de junho, na próxima semana. O Piauí está nesse grupo que faz estudos finais, mas está ladeado por Ceará e Maranhão, que já estão um estágio adiante com a decisão de reabrir diversos setores.

Estados como Paraná sequer chegaram a paralisar as atividades no nível encontrado no Piauí, Ceará e Maranhão ou mesmo São Paulo. Mas é São Paulo – responsável pela maior fatia do PIB brasileiro – quem chama atenção nesta semana: lá a flexibilização começa amanhã, com um plano que cria cinco bandeiras estabelecendo graduações que serão implantadas conforme o nível de controle da pandemia por região do estado.

A criação de bandeiras também está sendo adotado pelos planos do Ceará e Amazonas, que começam nesta segunda-feira. Pelo menos nos estudos preliminares, o Piauí vai seguir esse sistema de bandeiras – mas somente uma reunião na terça-feira vai bater o martelo sobre as regras de flexibilização no Estado, que podem entrar em vigor no dia 8.

Além do Piauí, Bahia, Alagoas e Amapá criaram grupos de estudo para retomada das atividades não essenciais. Mas todas as atenções se voltam para nove estados que avançam na flexibilização a partir de amanhã, mesmo mantendo regras rígidas.

Teresina: família usa venda de peixe para esconder boca de fumo

Em cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz Luis Henrique Moreira Fraco, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, a polícia prendeu na manhã desta quinta-feira (28) uma família suspeita de participação no tráfico de drogas na zona Norte de Teresina. Mãe, filho e nora foram enviados para a Central de Flagrantes.

A investigação entorno da residência suspeita, localizada no Residencial Edgar Gayoso, na Chapadinha Norte, teve início há um mês depois que informações recebidas pela polícia davam conta que no local funciona uma ‘boca de fumo’.

Um relatório produzido pelos investigadores apontou que além da residência da família, outras duas casas eram utilizadas para estocar os entorpecentes. Os agentes identificaram movimentações suspeitas durante o trabalho de campo realizado na região.

Durante a operação desta manhã, além das prisões foram aprendidos no endereço 12 trouxinhas de cocaína, 12 de maconha e grande quantidade de dinheiro trocado, o que configura o tráfico. A família usava uma venda de peixe de fachada para esconder a comercialização da droga. (Por: Otávio Neto)

Caixa abrirá no sábado(30) para atendimento do auxilio

A Caixa vai abrir 2.213 agências no próximo sábado (30), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício. A partir desta data, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos.
Em época de pandemia, o auxílio emergencial está sendo pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.
Antes de ir a uma agência, orienta a Caixa, os clientes devem consultar as unidades que estarão abertas em sua localidade.
Desde o dia 20 de maio, foi creditado em 31 milhões de contas o pagamento da segunda parcela, totalizando R$ 20,3 bilhões.
Agência Brasil

Coren denuncia qualidade das máscaras distribuídas aos profissionais de saúde

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) notificou a Fundação Municipal de Saúde (FMS) devido a qualidade das máscaras descartáveis distribuídas para os profissionais nos hospitais e unidades básicas de saúde de Teresina. De acordo com o Coren, as máscaras (máscara descartável tripla com elástico) não seguem as especificações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

“O Coren recebeu várias denúncias em relação a essas máscaras cirúrgicas […] diante de uma amostra dessa máscara e das denúncias, encaminhamos à diretoria de vigilância sanitária do estado, na qual respondeu ao nosso ofício colocando que, mesmo sendo dispensado alguns documentos para confeccionar uma máscara dessa, ela tem que seguir as recomendações da nota técnica que coloca que a máscara deve ter uma camada interna e outra externa, um elemento filtrante e um clipe nasal com maleabilidade para se adaptar ao rosto do profissional. Essa máscara não fornece isso”, disse Tatiana Melo, presidente do Coren-PI. 

Ela diz que as máscaras não oferecem proteção aos profissionais de saúde, deixando-os vulneráveis a infecção. Diante da situação, a presidente do Coren-PI conta que recomendou a todas as instituições de saúde do município para que os profissionais de saúde não utilizem a máscara. 

Por meio de nota, a FMS informou que o caso foi pontual e que a mencionada máscara possui registro na Anvisa desde abril de 2020, conforme consta no despacho. A nota esclarece também que esse tipo de máscara foi adquirida porque na época era o modelo disponível para a compra, tendo em vista as dificuldades de aquisição de Equipamentos Individuais de Proteção (EPIs) devido à pandemia da Covid-19.(Graciane Sousa)

Piauí registra 146 mortes por Covid-19 e 4.503 infectados em 156 municípios

No boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde desta quinta-feira (28), sobre a Covid-19, foram registradas mais oito mortes pela doença no estado. Com isso, o Piauí totaliza 146 mortes relacionadas ao novo coronavírus.

Entre os pacientes que faleceram estão seis pessoas do sexo masculino e duas do sexo feminino. Os homens tinham 39 anos, 55 anos, 71 anos, 72 anos, 75 anos, (Teresina) e um de 84 anos (Luis Correia). Além deles, uma mulher de 40 anos (Teresina) e outra de 74 anos (Luis Correia) também não resistiram às complicações de Covid-19. Todos possuíam comorbidades.

A Sesapi também confirmou 260 novos casos da Covid-19 no Piauí. São 121 homens e 139 mulheres, com idades que variam entre 9 meses a 102 anos. As mulheres são maioria no percentual de casos confirmados e representam 52% das pessoas com o novo coronavírus no estado. Os homens, embora  se contaminem menos, morrem mais e representam 64,4 % dos casos de mortes registradas no estado.

No momento, 161 pessoas necessitam do uso de respiradores no estado. São 158 em leitos de UTI e três em leitos de estabilização. E outras 336 pessoas estão internadas em leitos clínicos nas unidades de saúde da capital e interior.

O boletim desta quinta (28) registra ainda 16 pacientes recuperados da Covid-19, totalizando 438 o número de pessoas que tiveram alta e são consideradas curadas da doença. A maioria dos casos positivos, no entanto, apresenta sintomas leves e o paciente fica em isolamento domiciliar.

Em meio à pandemia, falta medicação na Farmácia do Povo

Em meio à pandemia, os piauienses enfrentam mais um problema, e esse, é bem recorrente: A falta de medicamentos na farmácia do povo. Em especial, aqueles direcionados para o tratamento da diabetes.

Após muitas queixas, o ministério Público foi acionado e ingressou com ação civil pública com preceito cominatório de obrigação de fazer e pedido de tutela antecipada contra o Secretário Estadual de Saúde, Florentino Neto, e a Diretora de Unidade de Assistência Farmacêutica, Wanda de França Avelino, para regularização do fornecimento dos medicamentos.(Encarando)

Caged: 7.659 trabalhadores com carteira assinada foram demitidos no Piauí em abril

Dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27) mostram que a queda no número de contratações contribuiu de forma expressiva para o saldo negativo de empregos formais nos primeiros quatro meses do ano.

Segundo dados do Caged, 7.659 trabalhadores com carteira assinada foram demitidos no Piauí no mês de abril, período da pandemia.

Em abril foram contratados 2.312 pessoas, deixando um saldo negativo de 5.347, relacionado aos demitidos.

Em comparação aos outros estados do Nordeste, o Piauí ficou na 8ª posição com relação ao número de demitidos no mês de abril. Em primeiro lugar aparece a Bahia com 55.652, depois o Ceará com 42.270, Pernambuco com 38.212, Rio Grande do Norte com 12.692, Maranhão com 12.102, Paraíba com 11.593, Alagoas com 9.855 e Sergipe com 6.959.

Uma inovação do Novo Caged é o agrupamento de setores da economia. Até dezembro passado, eram oito: Comércio, Serviços Industriais de Utilidade Pública (SIUP), Extrativa Mineral, Administração Pública, Agropecuária, Construção Civil, Indústria de Transformação e Serviços.(Fonte: Com informações do Ministério da Economia)