Mulher morre em acidente entre motocicleta e caminhonete na PI-113

Uma mulher morreu nessa quarta-feira (19/02), em uma colisão envolvendo uma motocicleta e uma caminhonete na PI-113, que liga as cidades de Barras e Cabeceiras. De acordo com o Coordenador do Grupo de Resgate Voluntário de Barras, Francisco Sampaio, o chamado ocorreu por volta das 15h.

“Nós recebemos a informação e quando chegamos no local, nos deparamos com uma colisão frontal entre a Amarok e uma biz de cor vermelha. A condutora da motocicleta é um senhora de 35 anos. Ela já estava sem vida quando a equipe chegou. O veículo ficou a 50 metros da colisão”, falou o socorrista.

Ainda segundo Francisco, o condutor do veículo estava em choque e bastante agitado, ele foi encaminhado para o hospital de Cabeceiras.

A perícia também foi acionada para apurar as causas do acidente. O corpo da mulher foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). 

(Ellyo Teixeira)

Equatorial Piauí: Nota de Esclarecimento

A respeito da nota “Equatorial Piauí corta árvore centenária em Luis Correia”, a empresa enviou  seguinte nota de esclarecimento:
A Equatorial Piauí esclarece que, após uma inspeção realizada na rede que atende a Comunidade Jaboti, zona rural de Luís Correia, constatou que o contato de um cajueiro com a rede elétrica indicava cenário de risco para a comunidade, principalmente para as crianças que poderiam brincar na árvore.
Além da preocupação com a segurança dos moradores, a aproximação do cajueiro com a rede frequentemente provocava interrupção do fornecimento de energia na região. Somente neste início de ano, duas ocorrências geraram a falta de energia para aproximadamente três mil clientes. 
A Equatorial Piauí lamenta os transtornos causados com a realização deste serviço, mas pondo em prática o valor do Grupo de Foco em Sustentabilidade, já está em contato com a Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de Luís Correia para planejar ações de sustentabilidade no município.

Greve dos professores :Uma vergonha o papelão da imprensa na cobertura

Uma vergonha o papelão da imprensa na cobertura da greve dos professores. O jornal Meio Norte, por exemplo, publicou cinco matérias sobre o tema em sua edição do dia 17, assinadas pelo repórter Francy Teixeira, todas, sem exceção, trazendo a versão e a posição do governo sobre o movimento paredista.

Na página de política (Pag.03), a principal do 1º Caderno, os títulos das matérias denunciam o compromisso do jornal com o governo petista:

“Greve aumenta evasão e já causou prejuízo de R$ 90 milhões”; “Piso do Piauí vai ser 9,73% maior que nacional”; “Gasto com pessoal está próximo do limite da LRF”; “Piso dos professores tem custo 189 milhões”, Municípios gastam até 100% do Fundeb”

O jornal O Dia, por sua vez, publicou uma matéria com a palavra do governador sobre o projeto do piso encaminhado a Alepi, mas não ouviu os professores.

Nenhuma linha com os dirigentes do Sinte ou com as lideranças do movimento grevista. É a isso que chamam de jornalismo de qualidade, jornalismo independente?

Fonte:José Olimpio Leite de Castro(facebook)

Ex-presidente do Sindicato dos Jornalista Profissionais do Piauí

Ministro do STJ manda soltar o ex-coronel Correia Lima

O ministro Ne Cordeiro, da 6ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mandou soltar o ex-coronel José Viriato Correia Lima, em relação ao assassinato do engenheiro José Castelo Branco Filho, o Castelinho.

Considerado o chefe do crime organizado no Piauí, Correia Lima está preso há quase 20 anos na Penitenciária Mista Fontes Ibiapina, na cidade de Parnaíba, cumprindo condenações que somam penas de 154 anos e oito meses.

A defesa de Correia Lima já peticionou junto a vara de execução da comarca de Parnaíba para que dê cumprimento ao Habeas Corpus com urgência, mesmo sabendo que, como o próprio ministro sublinhou na decisão, desde que contra o ex-coronel não existem outras condenações.

Veja a decisão do ministro: “Ante o exposto, concedo o Habeas Corpus para determinar a soltura do paciente até o exaurimento da instância recursal ordinária, se por outro motivo não estiver preso”.

Na decisão, o magistrado considerou que não estava presente a decretação da prisão preventiva com base apenas na prisão de segundo grau.

Em recente julgamento, o Pleno do Supremo Tribunal Federal firmou compreensão quanto à constitucionalidade do art. 283 do Código de Processo Penal, segundo o qual “ninguém poderá ser preso senão em agravante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva, estando a citada regra em consonância com o princípio da presunção de inocência”. Os advogados de defesa do ex-coronel Correia Lima são Wendel Oliveira e Antônio Luís.

Entenda o caso

O ex-coronel Correia Lima responde a processos por vários homicídios no Piauí. Ele já foi condenado pelas mortes do policial civil Leandro Safanelli (1989) e por este crime foi condenado a 23 anos de prisão; pela morte de Zé Quelé (1996), no qual também foi condenado a 23 anos de prisão.

Em 1999, o professor e engenheiro José Ferreira Castelo Branco, mais conhecido como “Castelinho”, foi assassinado à queima roupa pelo ex-soldado da PM, Francisco Moreira do Nascimento. Em 2015, a mulher de Castelinho, Ana Zélia Correia Lima Castelo Branco, junto com o ex-coronel Correia Lima foram condenados como mandantes do crime.

Por Arimatéia Azevedo e Marcelo Gomes/Portal AZ

Senai em Buriti dos Lopes promove Curso de mecânico de motos

A Unidade Integrada Deputado Ciro Nogueira – SENAI de Buriti dos Lopes – continua com inscrições abertas, até o dia 8 de março, para o Curso de Mecânico de Motocicleta, sendo que as matrículas serão feitas nos dias 12 e 13 de março. O período do Curso é de Março a julho do corrente ano.

Por outro lado, o Centro de Formação Profissional José de Moraes Correia, em Parnaíba, está com matrículas abertas para o Curso de Operador de Computador. Para informações, ligue 3321.26.40 ou 9.9434.4867.

Evaldo Gomes diz que Equatorial está “debochando” da população

A Assembleia Legislativa do Piauí vai realizar audiência pública, em data a ser marcada, para debater a definição de um acordo entre a Companhia de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa) e a empresa Equatorial Energia do Piauí visando acabar com a falta de água nas localidades Cacimba Velha e Lagoa da Mata, na zona rural de Teresina.

O deputado Cícero Magalhães (PT), que requereu a audiência pública aprovada na sessão plenária desta terça-feira (18), disse que mais de 200 famílias estão sendo prejudicadas pela falta de água porque a Equatorial cortou o fornecimento de energia elétrica para a Agespisa, que ficou impossibilitada de continuar atendendo aquelas localidades.

Ao defender a proposição, o deputado Evaldo Gomes (Solidariedade) pediu para subscrever o requerimento do deputado Cícero Magalhães. Evaldo Gomes disse que a falta de energia elétrica se tornou um grave problema em Teresina e acusou a Equatorial de estar debochando da população. “Dois prédios comerciais ficaram sem energia elétrica durante cinco dias na Zona Leste de Teresina”, declarou ele

Com informações da Alepi

SESI promove treinamento de CIPA

O Serviço Social da Indústria – SESI Piauí iniciou nesta segunda-feira (17) e segue até essa sexta-feira (21), o treinamento do curso de CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes para cipeiros das empresas Equatorial e Piauí Milhos. Ao todo 22 alunos fazem o treinamento.

Segundo a técnica de segurança do trabalho Karla Danielle, o curso tem como objetivo a instrução técnica quanto à prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar permanentemente compatível o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador, utilizando como ferramenta a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA.

A comissão atua na implementação e no controle de qualidade das ações para tornar o ambiente de trabalho mais seguro para os funcionários. O curso de NR-5 serve para capacitar os funcionários que vão integrar a comissão a identificar e minimizar os riscos.

* Com informações da Larissa Teixeira – Ascom FIEPI

Governo usa imprensa para desinformar a sociedade

O governador Wellington Dias e seu secretariado tem utilizado a imprensa local para fazer um desserviço e tentar jogar a sociedade piauiense contra os trabalhadores em educação que estão em greve desde o último dia 10 de fevereiro.

Nas declarações do secretário de administração, Merlong Solano, ao afirmar que os professores da rede estadual de educação ganharão até R$ 7 mil, o secretário “esquece” de comentar que são pouquíssimos servidores nesta situação de Doutorado que fazem jus a esta remuneração, que, de acordo com o Plano de Carreira dos servidores estaduais está defasada.

A preocupação do governo deveria ser com a melhoria das condições de trabalho, infraestrutura das escolas, transporte e merenda escolar digna, além da valorização dos profissionais que fazem a educação básica pública.

A greve na educação, que teve início dia 10/02, segue firme e crescente em todo o Estado do Piauí, tanto na capital quanto nas cidades que compõem os 27 Núcleos Regionais.

A presidente do Sinte-PI, professora Paulina Almeida, conclama a categoria para reforçar o movimento grevista. “Precisamos estar unidos e firmes nesta luta que é de toda a sociedade, por uma educação pública com mais qualidade e condições dignas para nossos alunos e para os profissionais da educação. Nossa luta não é só por salários, mas por valorização profissional”, enfatizou Paulina. (Sinte Piauí)

Impacto de urubu com rede elétrica deixa 4 mil sem energia em Teresina

Moradores do Parque Jurema, na zona Sudeste de Teresina, tiveram o fornecimento de energia suspenso após o impacto de um urubu na rede elétrica.

O incidente provocou curto-circuito, o rompimento de três cabos de energia e a quebra de isoladores.

Segundo a Equatorial Piauí, cerca de 4 mil clientes foram afetados.

“Durante todo o dia, 05 equipes foram mobilizadas para o restabelecimento do fornecimento de energia na região”, informou a empresa.

Os trabalhos foram concluídos às 16h20.

Joice Hasselmann se separa do marido neurocirurgião piauiense

Joice Hasselmann (PSL) se separou do neurocirurgião Daniel França, piauiense, com quem estava casada desde 2016, relata Bela Megale em O Globo.

Segundo a colunista, “na Câmara, já há fila de pretendentes para conquistar a deputada, que é pré-candidata a prefeita de São Paulo”.

Joice tem entrado em crises políticas desde que foi desbancada do posto de líder do governo de Bolsonaro na Câmara. Atualmente, contrariada, ela tem feito uma espécie de oposição à gestão do presidente. (Carta Piauí)

‘Luz na Infância’: Polícia deflagra operação de combate à exploração sexual infantil

Foto: Divulgação Ministério da Justiça e Segurança Pública

A Polícia Civil do Piauí e de mais 11 estados realiza desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (18) da sexta fase da ‘Operação Luz na Infância’, que tem como objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual.

A operação está sendo coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e envolve ainda as agências de aplicação da lei da Colômbia, dos Estados Unidos, do Paraguai e Panamá.

Os policiais civis cumprem mandados judiciais de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes em endereços ligados aos investigados. A operação acontece simultaneamente nos estados do Piauí, Alagoas, Acre, Ceará, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Com informações do Agência Brasil

Pai mata filha de 5 anos enquanto limpava arma de fogo na cidade de Barras

Pai mata filha de 5 anos enquanto limpava um revólver na cidade de Barras do Piauí. A menina morreu na noite desta segunda-feira (17) dentro da própria casa, em suposto acidente com arma de fogo.

À Polícia, o comerciante (nome não revelado) do ramo de material de construção relatou que estava limpando um revólver, calibre 38, quando a arma disparou e atingiu a cabeça de sua filha.

O corpo da criança foi levado para o Hospital Regional Leônidas Melo, mas será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Teresina.

Conforme o Portal Longah, a cidade de Barras está comovida com o trágico acontecimento porque a família é muito conhecida e querida pela população.

Trabalhadores da Equatorial fazem protesto após demissão em massa

Um grupo de 20 trabalhadores realizou, na tarde de segunda-feira (17), uma manifestação na porta da companhia elétrica Equatorial Energia Piauí. O motivo foi a rescisão contratual de centenas de funcionários da Eletrobras. De acordo com os manifestantes, a empresa demitiu praticamente todo o quadro operacional, terceirizando muitos serviços. Estima-se que 1.000 pessoas já foram demitidas desde que a Equatorial assumiu o comando, segundo o Sindicato dos Urbanitários do Piauí (SINTEPI). A manifestação também expôs o problema de falta de energia em Teresina e no interior.

CRÉDITO: RAÍSSA MORAIS

Segundo Marcos Carvalho, representante dos trabalhadores protestantes, os funcionários do setor operacional formado por eletricistas, leituristas e administrativo, foram demitidos sem justa causa e tiveram suas funções substituídas para empresas terceirizadas. “Foi desfeito quase 100% do setor operacional da empresa, que é o coração da empresa, ou seja, eles demitiram todos os funcionários desse setor e após isso precarizou o serviço, tirando mão de obra qualificada e entregando para empresas terceirizadas. Eles fizeram isso com os funcionários da Eletrobras, e com isso quem sofre somos nós pais de família que perdemos nossos empregos e, principalmente, a população que tem mais demora no tempo de resposta dos problemas”, disse.

A manifestação teve como objetivo pedir a retomada dos empregos, assim como para denunciar para população a troca de profissionais de mão de obra qualificada por empresas terceirizadas. “Nós, que estávamos no setor operacional, já estamos há anos no sistema trabalhando, e sabemos de todos os problemas que acontecem, nós diminuímos até o tempo hábil de normalizar os problemas para os consumidores, e com a nossa partida quem vai entrando agora terá que passar um longo tempo até chegar no nosso nível com anos de muito trabalho, ou seja, já tinha pouco funcionário e agora ficou ainda mais precarizado, e agora se tiver uma chuva, a população vai ficar mais 3 e 4 dias sem energia? A população tem que entender que estamos do lado dela”, acrescentou Marcos.

O eletricista Ricardo de Sousa reforça que a denúncia se refere ao saldo da privatização,  que chegou com a falta de energia não só na capital, mas em todo os municípios. “A gente quer fazer um trabalho de conscientização nos bairros junto a associação de moradores. O nosso tempo de resposta era muito rápido comparado com agora, e esse rodízio que a empresa quer fazer, como ela vai treinar esse pessoal, se ela está fazendo esse rodízio com esse serviço terceirizado”, declarou.

Os trabalhadores também vão lutar na Justiça por uma indenização por danos morais, por serem funcionários oriundos de concurso público e serem demitidos em massa só com direitos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e defendem que devem ser realocados para outro órgão público.

Processo de reestruturação econômico-financeira

A reportagem do Jornal Meio Norte entrou em contato com a assessoria de comunicação da Equatorial Energia Piauí, que informou por meio de nota que a administração da companhia elétrica  segue totalmente comprometida com o necessário processo de reestruturação econômico-financeira em curso na empresa e este reequilíbrio passa necessariamente pela urgente adequação do quadro de pessoal à real necessidade operacional da Companhia. (Com informações MN)

Açudes do Piauí já ultrapassam 90% da capacidade de armazenamento de água

Barragem de Jenipapo, em São João do Piauí

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas no Piauí (Dnocs) informou nesta segunda-feira (17), que dos 24 açudes monitorados pelo órgão, 13 estão com mais de 50% da capacidade. O de Jenipapo, considerado um dos maiores do Estado, está próximo de atingir o limite máximo. O reservatório fica localizado em São João do Piauí e atualmente está com 98,79% da capacidade máxima.

Outro reservatório que está perto de transbordar é o Pé de Serra, em Piripiri. O açude está com 96,30% do volume útil. O açude Salinas, em São Francisco do Piauí, chegou a 90,34% da capacidade máxima e também se aproxima do limite.

Os açudes Ingazeiras (Paulistana) e Caldeirão  (Piripiri) também acumulam bastante água e já chegaram aos níveis de 84,47% e 82,96% de capacidade, respectivamente.

Apesar da boa concentração de chuva nos primeiros meses do ano, a seca continua castigando alguns reservatórios no Piauí. O açude Cajazeiras, por exemplo, localizado em Pio IX, está apenas com 8% de sua capacidade. O mesmo acontece com o açude Barreiras, em Fronteiras, que amarga 7,58% do volume útil.

Grandes reservatórios como Piaus (em São Julião) e o Petrônio Portela (São Raimundo Nonato) também enfrentam uma estiagem severa. Os açudes estão 20,09% e 13,79% de água, respectivamente. 

Boa Esperança

O nível do reservatório de Boa Esperança também sobe de forma gradativa. No dia 18 de janeiro o volume útil era de 27,81%. Quase um mês depois, segundo a  Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), esse número já chega a 45,74%.

Equatorial comete crime ambiental em Luís Correia

A empresa Equatorial cometeu crime ambiental ao eliminar um cajueiro centenário da localidade Jaboti, zona rural de Luis Correia. Nem o apelo dos moradores locais sensibilizou os funcionários da empresa que cortaram o cajueiro pelo tronco.

Cajueiro cortado pelo tronco na localidade Jaboti, Luis Correia – PI

Conhecido como “Cajueiro do Amor”, era um dos pontos turísticos da comunidade. Sua frondosa sombra era usada pelos cavaleiros que todos os anos no mês de outubro ali se reuniam para festejarem o padroeiro do lugar, São Francisco. Ainda segundo os moradores, o formato de seu caule com grandes galhos em forma de balanço, servia de lazer para a criançada da vizinhança, ponto de encontro dos casais apaixonados,  além de seus frutos de sabor inigualável, sem falar nas cobiçadas castanhas por serem grandes e saborosas.

A empresa EQUATORIAL concessionária do serviço de fornecimento de energia elétrica tem sido denunciada constantemente por reiterada prática de podas radiais e até mesmo eliminação de árvores.

A empresa é obrigada a ter as melhores práticas de poda com o objetivo de preservar a saúde, o equilíbrio e a estabilidade das árvores, bem como recolher os resíduos da poda. No entanto não é isso que vem ocorrendo.

O pior da história é o sofrimento de Dona Dadá, de 87 anos, que lamentou a atitude da empresa que botou abaixo o cajueiro plantado pelo seu avô e que ela tanto amava.

Professores protestam na Alepi no dia da entrega da proposta de reajuste

Um grupo de servidores da rede estadual de ensino público protestou em frente à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) na manhã desta segunda-feira (17), mesmo dia em que o Governo do Estado deve encaminhar à Casa a mensagem contendo a proposta de reajuste salarial para a categoria. Em greve desde a semana passada, os trabalhadores discordam do percentual de reajuste oferecido pelo Governo, cerca de 4,17%.

A proposta será levada pelo secretário de Educação, Ellen Gera, e pelo secretário de Governo, Osmar Júnior. Sobre as reivindicações da categoria, o governo já descartou qualquer possibilidade de alterar o valor proposto, entendendo que ele supera o estabelecido pelo piso nacional. Na última sexta-feira (14), representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Estado (Sinte-PI) se reuniram com membros do Legislativo para discutir a proposta.

Participante do encontro, a deputada Teresa Britto (PV) explicou que os 4,17% concedidos de reajuste pelo Estado “representa quase nada o valor que se está pleiteando”. Segundo ela, o Governo está incluindo a gratificação de regência de classe para complementar o piso nacional, por isso o valor concedido está acima do piso. “Na verdade, a regência pode até ser incluída, mas não somada ao salário para que possa complementar o piso nacional e dizer que o que se está oferecendo está acima do que a lei prevê”, explicou a parlamentar.

Até o final da manhã, a mensagem do Executivo com o reajuste salarial ainda não havia sido enviada ao Parlamento. Representantes da oposição já disseram que vão convocar uma audiência pública para a próxima semana para discutir diretamente com as classes o que for proposto.

Quanto à tramitação do projeto na Casa, o presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho (MDB) garantiu que ela ocorrerá dentro da normalidade e que a Assembleia está aberta ao diálogo com os servidores. “Eu acho que nunca o Parlamento se negou ao diálogo e não vai ser diferente agora, mas o projeto vai tramitar como todas as matérias de interesse público”, disse Themístocles.

Por: Breno Cavalcante e Maria Clara Estrêla

“Promoção do turismo receberá recursos”: Só propaganda???

O governo do Piauí vai colocar R$ 680 mil na promoção do turismo do Piauí. O valor está dentro do montante de uma das últimas suplementações orçamentária realizada pelo governador Wellington Dias (PT).A informação é da jornalista Elizabeth Sá.

Os investimentos são de recursos que serão remanejados de outras áreas para promover o turismo, de acordo com o que especifica o decreto 18.852 de 13 de fevereiro. Ao todo serão remanejados pouco mais de R$ 1 milhão e mais da metade será destinado ao Turismo.

Quadrilha atuou no Detran-DF e anulou cerca de 50.000 multas

EM BRASÍLIA, AGENTE DO DETRAN GANHA EM MÉDIA O DOBRO DE PROFESSORPolícia Civil investiga nove servidores e terceirizados suspeitos de vários crimes

A Policia Civil do Distrito Federal investiga 9 servidores e terceirizados suspeitos de vários crimes, inclusive formação de quadrilha, em um esquema de cancelamento de multas no Detran/DF. O próprio Detran pediu a investigação e estima que ao menos 50.000 multas foram “derrubadas”. A expectativa é que a Polícia Civil denuncie o esquema à Justiça, solicitando inclusive a prisão dos envolvidos já identificados. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A quadrilha procurava motoristas multados e ofereciam o “serviço” em troca do pagamento de um percentual do valor da multa.

Com faturamento superior a meio bilhão de reais em multas e tarifas, o Detran/DF tem sido alvo do assédio de organizações criminosas.

O Detran/DF também investiga o “mistério” das faixas no asfalto, que apagam rapidamente. A Polícia Civil está periciando até as tintas.

Governador lança aplicativo PMPI Cidadão na segunda (17)

O governador Wellington Dias participa, na segunda-feira (17), do lançamento do aplicativo PMPI Cidadão, no auditório do Quartel do Comando Geral (QCG), às 7h30, em Teresina. O App foi desenvolvido pela Polícia Militar do Piauí (PM-PI) e tem por objetivo aproximar a Segurança Pública da população.

Uma das vantagens do aplicativo PMPI Cidadão é a possibilidade de acionar a Polícia Militar de forma mais rápida e efetiva, com envio da localização exata da ocorrência, fotos, vídeos e áudios sobre o incidente.

Com ele é possível registrar emergência, acionar botão de pânico de violência doméstica e acessar inúmeros outros serviços prestados pela Polícia Militar. Para utilizar os serviços é necessário ter um dispositivo móvel com sistemas operacionais Android ou IOS, com tecnologia de dados móveis/Wi-Fi e GPS.

“É um aplicativo que permite o envio de mídias. É mais agilidade de comunicação que vai auxiliar o policial militar no momento do atendimento ao cidadão”, garantiu o major Gustavo Campelo, chefe do Centro de Operações Policiais Militares (Copom).

É preciso também realizar um cadastro prévio e aceitar a política de privacidade e segurança da informação. Os dados enviados no aplicativo serão usados apenas pela Polícia Militar. Todos os dados enviados são sigilosos e as ocorrências serão atendidas de acordo com a gravidade.

“O App é a coroação da nossa plataforma digital de atendimento às ocorrências que já existem desde abril de 2019, com o PM-PI Mobile. Ele vem trazendo o slogan “A segurança na palma da mão”, com referências de tudo de mais moderno que existe no cenário digital”, afirmou o major Álvaro Lebre, sub-chefe do Copom.

Ainda segundo o major, não é necessário falar com um atendente, apenas registrar ou enviar os dados para a Polícia Militar, permitindo, assim, que pessoas com deficiência auditiva e palatal possam utilizar perfeitamente o aplicativo PMPI Cidadão.

* Com informações da CCOM  

Sete municípios vão adotar campanha contra assédio

A campanha “Só se eu quiser… #Não é Não”, iniciada esta semana, pela Coordenadoria Estadual de Políticas para Mulheres, em parceria com a OAB-PI, COJUV, CENDROGAS, Detran, Sesapi e Defensoria Pública, que visa informar a sociedade sobre a importância do corpo e a vontade das mulheres de serem respeitadas durante o Carnaval, está conseguindo chamar a atenção de vários outros municípios.

Além de Teresina, Campo Maior, Água Branca, Oeiras e São Raimundo Nonato, outras cidades, como Corrente, Uruçuí, já procuraram a Coordenadoria da Mulher, para realizar a campanha.

De acordo com a coordenadora da Mulher, Zenaide Silva, o objetivo é atingir cerca de 20% dos municípios piauienses. Principalmente durante o período de Carnaval, os crimes de violências sexuais, físicas ou psicológicas são intensificados e as mulheres relatam a violência, mas não fazem um registro oficial devido o acontecimento ser feito durante a festa de Carnaval.

A campanha reforça o fato de que o corpo da mulher não é público e sua vontade deve ser respeitada.

“É importante que a gente dialogue com homens e mulheres, para que eles percebam da importância de evitar a violência. Porque às vezes, nós mulheres, não percebemos que estamos sendo assediadas, violentadas. E nós queremos ser respeitadas. Essa campanha veio nesse sentido, de conscientizar as mulheres a denunciarem, porque cada silêncio que a gente sofre, e quando a gente denuncia, incentiva outras mulheres a denunciarem os homens, porque o machismo é estrutural”, diz Zenaide Silva.

Ela disse ainda que, durante o Carnaval, a relação de poder aumenta, pelo fato de os homens “incorporarem uma fantasia” que reforça o machismo.