Metalúrgico é assassinado com vários golpes de facão no litoral do Piauí

Um metalúrgico foi encontrado morto em um terreno baldio na manhã desta quinta-feira (30/04) no bairro João XXIII, em Parnaíba, no litoral do Piauí. As informações são do Piauí em Dia.

O homem foi identificada como Paulo da Costa Andrade, de 50 anos, e ele foi morto com vários golpes de facão.

Segundo o filho da vítima, Paulo foi acordado de madrugada por uma mulher que bateu na porta da casa informando que estava sendo abordada por um assaltante.

O metalúrgico saiu de casa com um facão e horas depois foi encontrado morto com vários golpes de facão, possivelmente o que havia levado.

O perícia foi realizada no local do crime e o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal e o caso começou a ser investigado.

 

Wellington Dias assina hoje um novo decreto mantendo o isolamento social no Piauí

O governador do Piauí, Wellington Dias, vai assinar, nesta quinta-feira (30),  um novo decreto mantendo as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o isolamento social, a suspensão das aulas nas escolas públicas e privadas e também das atividades presenciais em órgãos públicos e no setor privado em todos os municípios do estado.

Governador do Piauí, Wellington Dias, em live 

Em live nas redes sociais no começo da tarde de ontem (29), Wellington Dias expôs a situação da pandemia da Covid-19 no Piauí e reforçou a necessidade das pessoas permanecerem em casa, para que nãos e repita no nosso estado o colapso na saúde, com hospitais lotados de pacientes infectados pelo novo coronavírus, muitos morrendo sem acesso a ventiladores mecânicos ou leitos de UTI.

“Podemos até falhar por exagero, mas não porque não tivemos a responsabilidade de cuidar. Não queremos aqui o que está acontecendo em Manaus. Aqui no Piauí, 24 pessoas perderam a vida. Cada um com a sua história. Foi uma perda muito grande para todos nós, não só para quem morreu por coronavírus, mas por todas as doenças”, lamentou o governador.(Parlamento Piauí)

Ceará ultrapassa 400 mortes por Covid-19 nesta terça; casos confirmados chegam a 6,9 mil

Os casos de coronavírus continuam a aumentar no Ceará. O estado já contabiliza 403 mortes, além de 6.918 casos de infecção pelo novo coronavírus, segundo a plataforma da Secretaria da Saúde (Sesa), o IntegraSUS, atualizada às 9h20 desta terça-feira (28). 

Fortaleza continua a concentrar o maior número de casos, com 320 óbitos e 5.432 diagnósticos positivos para o novo coronavírus

A atualização anterior, às 17h17 desta segunda-feira (27), registrava 397 mortes e 6.783 casos confirmados em 138 cidades. Na comparação entre dados divulgados pela Sesa no fim da tarde desta segunda e a manhã desta terça, há, portanto, 135 novos diagnósticos da doença, além de 6 novas mortes

Fortaleza continua a concentrar o maior número de casos, com 320 óbitos e 5.432 diagnósticos positivos para o novo coronavírus. Caucaia e Maracanaú, na Região Metropolitana, vêm em seguida com 274 e 147 casos confirmados, respectivamente.

No fim da tarde do domingo (26), a capital cearense registrava 4.991 diagnósticos positivos para a doença e, nesta segunda-feira, ultrapassou o patamar dos 5 mil.  

Confira os dados da Covid-19 no Ceará: 

6.918 casos confirmados;
18.857 casos em investigação;
403 óbitos;
Taxa de letalidade de 5.8%

“Sistema S está em declínio”, avalia Valdeci Cavalcanti

Presidente diz que Sesc/Senac praticamente não tem receita própria – Foto: Assis Fernandes/O Dia

O Sistema S é formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); e Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac). Existem ainda: Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop); e Serviço Social de Transporte (Sest). 

Mas para Valdeci Cavalcante, o Sistema S está sofrendo um declínio. “Todo mundo que entra quer tirar um pedaço. Quando o Sistema S começou em 1946, 100% dos empresários pagavam contribuições, quem tivesse CNPJ e empregado pagava para o Sesc/Senac. Hoje, no Piauí, apenas 1,8% das empresas pagam, porque as empresas do Simples não pagam, elas foram isentas com a Lei da Pequena e Micro Empresa”, relata o presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac no Piauí.

Desta forma, no Estado, 98,2% das empresas não pagam contribuições ao Sistema S, segundo o presidente. Porém, as micro e pequenas empresas são as que mais utilizam dos serviços oferecidos pela rede para qualificar os seus profissionais de graça.

“69,7% de todas as matrículas dos cursos de qualificação do Sistema S são de empregados das micro e pequenas empresas, elas são realizadas pelo Sistema PSG. Então, no caso do Piauí, como tem uma maior população pobre, as matrículas passam de 75%. Nós praticamente não temos receita própria, não temos coragem de cobrar”, diz.

Por: Sandy Swamy, do Jornal O Dia

Coronavírus: PI segue com 24 casos, mas governos reforçam medidas durante a Semana Santa

Imagem Ilustrativa — Foto: Isadora Jaron

Segundo o boletim divulgado na noite desse domingo (05) pela Sesapi, o Piauí possui, até o momento, 24 casos confirmados de coronavírus, 04 mortes, 272 suspeitos e 611 descartados. De sábado para domingo, foram descartados 24 casos suspeitos. Também houve redução nas notificações, o que pode significar um sinal positivo dos esforços dos governos para impedir o avanço da doença no estado.

Apesar disso, a preocupação em manter o isolamento social permanece, tanto que o governo do Estado suspendeu os serviços de viagens intermunicipais no período da Semana Santa. A medida entra em vigor já nesta segunda (06) e segue até o dia 12. A Prefeitura de Teresina também reforçou o pedido para que as pessoas permaneçam em casa, durante o período.

Mulher de Paulynho Paixão lamenta a morte do cantor

A mulher do cantor Paulynho Paixão, Tayanne Costa, lamentou em publicações nas  redes sociais a morte do artista ocorrida na madrugada desta sexta-feira (03/04), após ter se envolvido em dois acidente no interior do Piauí.

“Só Deus sabe o tamanho da dor que estou sentindo, meu bichinho a tua hora chegou. Que Deus te receba de braços abertos. Você se foi querendo me ver… ô meu amor, porque”, publicou a cantora baiana em seus stories.

Ela também divulgou um vídeo dentro do carro em que aparecem em momento descontraído. “O meu amor porque me deixou”, legendou em outra publicação.

    Reprodução / Instagram

Os acidentes

Segundo o irmão do cantor, conhecido como Louro Cruz, no primeiro acidente o cantor capotou um carro, modelo Corolla, na BR-316, em trecho do município de Passagem Franca/PI, onde teria sofrido apenas escoriações. O segundo, que lhe tirou a vida, foi na rodovia estadual PI-225, na localidade Lagoinha, zona rural de São Miguel da Baixa Grande, em um acidente de moto, noticiou o portal T4.

Grupos organizam ‘buzinaço’ por flexibilização de medidas restritivas

Contrários à rigidez das medidas adotadas pelo governador Wellington Dias (PT) e o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), para o enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), vários grupos estão se mobilizando para uma carreata e ‘buzinaço’, neste sábado (28), reivindicando mudanças nos decretos, estadual e municipal, que limitam a atividade econômica. 

Uma das organizadoras do movimento, a advogada Rubenita Lessa ressalta que o ato será pacífico e sem aglomeração de pessoas, obedecendo as recomendações sanitárias de prevenção à doença. “Não estamos convocando ninguém a desobedecer os decretos e se aglutinarem nas ruas. Não haverá isso, mas iremos nos deslocar pela cidade dentro dos nossos carros mostrando que é preciso repensar esses meios”, afirmou.

Cartaz do movimento compartilhado na internet. Foto: Reprodução Internet. 

A principal demanda da manifestação, que deve reunir empresários, profissionais liberais e autônomos, é que os decretos sejam parcialmente alterados, principalmente em relação ao suspensão total de algumas atividades de comércio. “Nosso objetivo é que as medidas de precaução e prevenção à Covid-19 sejam mantidas, assim como o sustento das pessoas (…) Nosso pedido é pela revisão dos decretos, para que a economia do estado não seja prejudicada”, pontuou a advogada.

A mobilização acontece após Wellington Dias admitir a possibilidade de abertura parcial de algumas atividades econômicas no estado, a depender de uma Comitê Gestor de Crise (CGC) sobre o avanço da pandemia no estado. “É mais um motivo para irmos às ruas, para que o governador saiba que suas medidas não são unanimidade”, reforça Lessa.

Na quinta-feira (26), o prefeito de Parnaíba, Mão Santa, autorizou a volta do funcionamento das atividades econômicas no município, desde que obedeçam às normas sanitárias para não propagação do vírus e estabeleçam um regime de escalas de trabalho, evitando aglomeração de seus funcionários.

Temendo prejuízos à economia brasileira, o presidente Jair Bolsonaro questionou, em pronunciamento oficial, as ações de alguns governadores e prefeitos no enfrentamento ao vírus. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também recuou acerca das questões de isolamento social, recomendando contenção apenas das pessoas que integram o grupo de risco para a enfermidade.

Por: Breno Cavalcante

Menor acusado de matar o comerciante Zé Caxingó e apreendido

Moto apreendida em poder do menor

No final da tarde desta quarta-feira (25) foi apreendido um menor acusado de ser o atirador que tirou a vida do comerciante José Alves de Souza, 53 anos, conhecido popularmente por “Zé Caxingó”. O comerciante foi morto no dia 12 de março na porta de seu comércio na Avenida Dr. João Silva Filho, Bairro Planalto Montserrat, em Parnaíba (PI).

Zé Caxingó

Ele foi apreendido na comunidade Brejinho, na zona rural de Luiz Correia (PI). Ele estava de posse de uma moto Honda Biz vermelha com suspeita de roubo. A Polícia Militar conduziu o menor para a Central de Flagrantes, em Parnaíba, sob a acusação de receptação.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba

PGE quer anulação da decisão que antecipou a formatura de estudantes de medicina da Uespi

A Procuradoria Geral do Estado do Piauí, entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça do Piauí, pedindo a suspensão imediata, com efeito retroativo, da decisão da juíza Carmelita Angélica Lacerda Brito de Oliveira, da 2° Vara dos Feitos da Fazenda Pública da Comarca de Teresina, concedida no dia 20 de março, que antecipou a formatura de 19 alunos do curso de medicina da Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

O objetivo da antecipação da formatura, era para que os estudantes participassem do Programa Mais Médicos e ajudassem o estado no enfrentamento à pandemia do Coronavírus.

No entanto, o Centro Acadêmico de Direção do Curso de Medicina entregou à PGE um abaixo assinado, onde alunos afirmam que ainda não se consideravam médicos e não se sentiam preparados para atuar nas ações de combate ao Covid-19, bem como, cuidar dos pacientes, deixando de comparecer ao estágio acadêmico-profissional hospitalar.

Sendo assim, a PGE entende que “os estudantes dos últimos anos, se recusaram a cumprir seu dever de ofício”, e solicita a suspensão imediata da formatura.(Lurivânia Fernandes)

“Casos de coronavírus devem triplicar no Piauí”, diz superintendente da Saúde

Na manhã desta sexta-feira (20/03), o programa Bom Dia Meio Norte conversou com o superintendente de Atenção Integral à Saúde da Secretaria de Saúde do Piauí, Herlon Guimarães, que falou sobre os dados do Coronavírus no Estado.

Herlon Guimarães

No início da noite de ontem, a Secretaria de Saúde divulgou um boletim onde foram confirmados três casos da doença na capital. “Ontem fechamos o boletim com 106 casos notificados sendo que tivemos três confirmados no nosso estado, estamos ainda com 65 casos sendo avaliados”, declarou Herlon.

Segundo o superintendente, as pessoas estão tendo a chance de que a doença se alastre e tenha uma maior dimensão. “Nós entramos nesse momento agora, então convocamos toda a população quem realmente pode ficar em casa, é esse o momento de isolamento social. Tivemos a possibilidade de ver esse vírus em outros países e podemos aqui no Brasil nos organizar para que a gente minimize alguns danos, a exemplo de alguns países. O momento é de ficar em casa, não é um treinamento, nós estamos na vida real. Nós não temos serviço de saúde que possa suportar essa crise desse tamanho, então temos que fazer a nossa parte”, disse.

Herlon Guimarães destacou ainda que as pessoas que tiveram contato com os três casos confirmados em Teresina estão sendo monitoradas pela Secretaria de Saúde. “No momento em que há uma suspeita de caso existe todo um protocolo a ser seguido, quando foi coletado exames estamos com número de 106 notificações, então todas essas pessoas estão sendo monitoradas, estão se mantendo informadas e o nosso serviço de saúde está dando atenção necessária”, salientou.

Sobre o próximo boletim, o superintendente declarou que a tendência é de que os números confirmados tripliquem. “O próximo boletim nós estipulamos para sair às 18h todo dia. É importante destacar que nós estamos iniciando o processo de ascensão, a gente ainda não está nele e com certeza nós teremos mais casos. No próximo boletim a gente deve chegar a quase triplicar os dados, passou de progressão aritmética para uma progressão geométrica”, afirmou.(MN)

BR-343 em Teresina é totalmente interditada devido alagamento do leito carroçável da via

Nesta quinta-feira (19), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a BR-343, no KM 340,7, na altura do Condomínio Mirante do Lago/Pousada Gurupi, na cidade de Teresina-PI, está totalmente interditada, devido ao alagamento do leito carroçável da rodovia, ocasionado pelas fortes chuvas que caíram na região, comprometendo o trânsito de veículos.

Quem sai ou entra em Teresina, pela região Norte do estado, tem como opções os seguintes desvios:

1) Pelo rodoanel (ligação entre as BR’s 343 e 316), com acesso no Km 326 da BR-343 e no Km 18 da BR-316;

2) Vindo da região Norte para Teresina/PI: Após o Posto da PRF, entra na via ao lado do Parque de Exposição/posto SEFAZ desativado – segue até à linha férrea, transpassando-a – vira à direita, seguindo pela via asfaltada até o Clube do Waldemar Aluísio, virando à esquerda em direção ao Bairro Dirceu. Saindo da capital piauiense, sentido Norte do estado, é só fazer o sentido/percurso inverso.

Foto: PRF

Equipes de Policiais Rodoviários estão no trecho realizando a segurança. A PRF também informou que o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) já está ciente e devidamente acionado.

O fluxo de veículos apresenta lentidão, mas sem congestionamento, e está sendo feito em uma das faixas da pista lateral, em obra de duplicação. Não há previsão de liberação da via.(Laurivânia Fernandes)

Polícia cumpre três mandados contra pornografia infantil em Parnaíba

Polícia cumpre três mandados contra pornografia infantil em Parnaíba – Foto: O Dia

A Polícia Civil está dando cumprimento, na manhã desta terça-feira (18), a três mandados de busca e apreensão na cidade de Parnaíba. A ação visa combater crimes relacionados a exploração sexual e pornografia infantil e faz parte da operação Luz na Infância 6, que foi deflagrada em mais 11 estados brasileiros além do Piauí.

Os alvos são acusados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Eles foram identificados com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Todo o material coletado no cumprimento às ordens judiciais será periciado pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, com apoio da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Estadual. Por se tratar de crimes praticados contra crianças, os procedimentos são protegidos por segredo de Justiça.

Nesta sexta fase da Operação Luz na Infância, estão sendo cumpridos em todo o Brasil e também em mais quatro países um total de 112 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração praticado contra crianças e adolescentes.

No Brasil, a pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual. (Por: Maria Clara Estrêla, com informações da SSP-PI)

PRF inicia na sexta-feira (21) a Operação Carnaval nas rodovias que cortam o Piauí

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia na próxima sexta-feira (21) às 00h00 a Operação Carnaval 2020. A ação, que é a última etapa da Operação Rodovida, se estenderá até a quarta-feira de cinzas (26) às 23h59 e tem como objetivo a redução de acidentes de trânsito e a diminuição da criminalidade nas rodovias federais que cortam o país.

No Piauí, durante o período carnavalesco o fluxo de veículos aumenta significativamente nas BRs 343, 316 e 135. Nelas a PRF vai concentrar seus esforços e intensificará suas fiscalizações nos pontos e horários estratégicos apontados como críticos por seus estudos, ou seja, aqueles de grande incidência de infrações ou acidentes no estado. Com isso o órgão visa minimizar a violência no trânsito e garantir mais conforto e segurança para os usuários da rodovia.

Durante os seis de dias de trabalho, os policiais farão ações de fiscalizações e de educação para o trânsito, voltadas para as condutas de risco dos condutores. O foco da PRF é voltado para as condutas irregulares que costumam causar acidentes graves em todo país. São elas: excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, embriaguez ao volante, não utilização do cinto de segurança, transporte inadequado de crianças, falta do uso de capacete e utilização de celular ao volante.

Atentos às prévias carnavalescas, a PRF no Piauí iniciou na sexta-feira (14) a Operação Abre Alas. Durante essa semana, o Grupo de Educação para o Trânsito (GETRAN) da PRF também realizará Cinemas Rodoviários e ações preventivas durante suas fiscalizações de rotina e nos terminais rodoviários das principais cidades do estado. Com isso, os policiais tentam sensibilizar os foliões que viajarão de transporte coletivo sobre a importância de usar um veículo seguro para seu deslocamento e sobre a importância do uso do cinto de segurança.

Uma das grandes preocupações dos policiais nesse período é com a mistura álcool e direção. Por isso, eles alertam que intensificarão o uso do etilômetro e explica que mesmo se negando a realizar o teste, que constatará se o motorista bebeu antes de dirigir, ele pode ser autuado, preso e ter seu direito de dirigir suspenso. Vale lembrar que a autuação de embriaguez ao volante é uma das mais caras do Código de Trânsito Brasileiro. Custa R$ 2.934,70, além do grande risco que o usuário se coloca ao dirigir embriagado.

‘Bom Dia Brasil’ mostra drama no sul do Piauí para escoar produção de grãos

A Rede Globo mostrou nesta terça-feira (18/02), mais uma vez, o drama de produtores do sul do estado para escoar a produção de grãos. Com estradas sem pavimentação, os problemas são agravados durante o período chuvoso, encarecendo o transporte e prejudicando a população.

Na PI-392, em Bom Jesus, são aproximadamente 40 km de estrada esburacada, que os motoristas levam até 4 horas para percorrer. Se a via fosse asfaltada, o tempo de percurso cairia para 1 hora. A situação na rodovia só não é pior graças à ação dos produtores, que se encarregam de realizar reparos.

A estrada é um dos acessos para a Rodovia Transcerrados, que está em obras há duas décadas. 

À reportagem, o governo do Piauí alegou que não dispõe dos R$ 200 milhões para concluir a pavimentação da rodovia. A solução foi entregar a Transcerrados para o setor privado, através de PPP, que está em fase de consulta pública. 

Enquanto isso, os produtores continuam enfrentando problemas em ano com promessa de safra recorde.(Apoliana Oliveira)

Trabalhadores em educação fazem novo protesto em frente ao Karnak

Os trabalhadores em educação fazem nesta segunda-feira (17/02) nova manifestação em frente ao Palácio de Karnak, contra o governador Wellington Dias (PT). A categoria está em greve há sete dias.

A principal reivindicação dos trabalhadores é a implementação do reajuste salarial. São 4,17% referente ao ano de 2019 e 12,84% referente a 2020.

Secretaria de Segurança do Piauí lança aplicativo ‘Protege Celular’

O Secretário Estadual da Segurança Pública, Fábio Abreu Costa, lançou na manhã desta segunda-feira (10), na sede da Agência de Tecnologia da Informação, o aplicativo “Protege Celular”, desenvolvido para combater o roubo, o furto e a prática de comercialização de aparelhos celulares com restrição.

Com registro de mais de 10 mil celulares furtados por ano, a Secretária de Segurança do Piauí sentiu a necessidade de investir nesta nova ferramenta para baixar os índices de criminalidade nesta área. O secretário de Segurança, Fábio Abreu, destaca que o aplicativo “Protege Celular” surgiu de uma inspiração ao aplicativo que existe em Pernambuco com o nome de “Alerta Celular” e foi adequado, pela ATI.

“Nós trouxemos essa ideia e aperfeiçoamos o aplicativo para as necessidades do nosso estado, o dono do celular precisa cadastrar o IMEI do aparelho no aplicativo para que a polícia e a população tenha conhecimento caso o seu aparelho passe a ter restrição em caso de furto ou roubo”, explicou.

O aplicativo “Protege Celular” já está disponível para o sistema android e em breve ficará disponível para os sistema ios. “Qualquer pessoa pode saber qual o IMEI do seu celular digitando o código – *#06# – no teclado disponível para ligações e irá aparecer uma sequência de números e um código de barras para que o cadastro possa ser feito ao sistema do aplicativo “Protege Celular””, explicou Antônio Torres, diretor geral da ATI.

Segundo o secretário de segurança, Fábio Abreu, a população terá acesso a código de barra que identifica o aparelho de forma única, em caso de furto ou roubo, a vítima poderá incluir imediatamente o seu telefone na lista de aparelho com restrição.

“Basta acessar o Protege Celular de outro aparelho, vamos pedir para que a população não esqueça de registrar um boletim de ocorrência e acrescente os dados do BO em até 72 horas. Com isso, a Polícia poderá recuperar e a vítima saberá em qual distrito deve resgatar seu aparelho roubado”, disse Fábio Abreu.

Professores da rede estadual iniciam greve nesta segunda-feira(10)

Os professores da rede estadual de ensino aprovaram, por unanimidade, greve geral que começa nesta segunda-feira (10).

A partir das 8h30, a categoria vai realizar um ato em frente ao Palácio de Karnak, sede do governo estadual.

Os trabalhadores reivindicam o reajuste salarial do piso da categoria que, este ano, foi anunciado pelo governo federal que passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,15. 

Arrocho salarial e desvalorização levam trabalhadores em educação do Piauí a greve por tempo indeterminado

O governador do Piauí, Wellington Dias, mantendo uma postura indigna com a sua trajetória como sindicalista e contrária à sua presunção de fazer um governo popular, continua arrochando os servidores em geral e, com uma maior regularidade, os trabalhadores em educação, inclusive precarizando ainda mais as condições de sobrevivência dos aposentados.

O governo federal anunciou em janeiro, que de acordo com a Lei do Piso, o piso nacional do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,15. Infelizmente o massacre orquestrado contra a classe trabalhadora e a educação se acentua, com a maioria dos gestores, incluindo Wellington Dias, apresentando uma série de subterfúgios e desculpas para não cumprir a lei do piso, tentando mascarar a sua falta de compromisso com a educação pública.

Neste contexto, a deliberação da categoria na assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira (4), de entrar em greve geral por tempo indeterminado a partir do próximo dia 10, sem começar, portanto, o período letivo, é legítima e consequente ao massacre a que está submetida. (Sintepiaui)

GREVE DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO!

PELA GREVE GERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO DO PIAUÍ!

W. Dias se nega a baixar ICMS e combustíveis continuarão caros no Piauí

O presidente, Jair Bolsonaro, surgeriu que os governadores baixassem o ICMs sobre os combustíveis para compensar uma possível variaçao na crise criada no Irã com a morte do general Qasem Soleimani.

O governador do Piauí foi o primeiro a se manisfestar contrário e dizer que isso tem que ser tratado a nível nacional, e não diminuir as receitas dos estados. WD não imagina em hipótese alguma, mesmo numa crise nacional, a possibilidade de reduzir impostos.(Silas Freire)