Indicado de Ciro Nogueira vai ao Senado prestar esclarecimentos

Senadores querem ouvir presidente do FNDE sobre suspeitas de corrupção.

Marcelo Lopes da Ponte e o ministro Ciro Nogueira (Fotos: Agência Brasil e Agência Senado)

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, é esperado nesta quinta-feira (7) na Comissão de Educação do Senado. Ele vai falar aos senadores sobre denúncias de corrupção na compra de ônibus escolares.

Indicado para a presidência do FNDE pelo ministro da Casa Civil Ciro Nogueira (Progressistas), Marcelo Lopes da Ponte deverá ser pressionado por senadores de oposição. As suspeitas de superfaturamento na proposta de compra dos ônibus escolares foram reveladas esta semana em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

Marcelo da Ponte foi chefe de gabinete de Ciro Nogueira no Senado Federal. Ele foi indicado para o comando do FNDE em 2020, assim que o Centrão se aliou a Bolsonaro e antes mesmo de Ciro Nogueira se tornar ministro-chefe da Casa Civil.

Em um pregão eletrônico, o FNDE previu pagar até R$ 480 mil por ônibus, embora sua própria área técnica tenha defendido um teto de R$ 270,6 mil. O processo foi suspenso pelo TCU após a reportagem do Estadão e, depois disso, o FNDE reduziu o valor de pagamento previsto para os veículos no intuito de tentar salvar o pregão.(Gustavo Almeida)

Deixe uma resposta