Bolsonaro à procura de um nome forte para ser seu vice

Definida a filiação ao Partido Liberal (PL) para disputar a reeleição a presidente em 2022, Jair Bolsonaro agora tem um novo desafio à frente: escolher um bom nome para ser o candidato a vice na sua chapa. Segundo os bastidores da política, de fontes ligadas ao presidente, essa escolha passará necessariamente pelo consenso dos aliados e, principalmente, pela aprovação do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), que também é presidente nacional dos Progressistas.

Escolha do candidato a vice de Bolsonaro deve passar por Ciro Nogueira e Arthur Lira. (foto: reprodução)

Além de Ciro, outros líderes que fazem parte da base do governo como o deputado federal Arthur Lira (PP), presidente da Câmara, também deverão ser consultados. Até agora o que se sabe é que Bolsonaro quer andar longe de repetir a situação com o atual vice, general Hamilton Mourão, que nos últimos anos tem ficado distante e dissidente das principais ideias bolsonaristas. Por enquanto, há poucos nomes possíveis para essa disputa, acredita-se que o atual presidente queira alguém alinhado às suas ideias, e como ele mesmo já disse, espera que o escolhido possa andar com ele e tomarem juntos uma Tubaína, refrigerante preferido de Messias.

Além de ser um nome alinhado a Bolsonaro, os estrategistas da campanha também procuram algum nome do eixo Norte e Nordeste, porém que fuja da imagem predominantemente política, característica essa que é tida por preocupação, tendo em vista que por divergências, poderia ocorrer o mesmo que acontece atualmente com Mourão.

Ministro das Comunicações, Fábio Farias, é o preferido para ocupar a disputa pela vice. (foto: redes sociais)Ministro das Comunicações, Fábio Farias, é o preferido para ocupar a disputa pela vice. (foto: redes sociais)

Dentre os nomes já cotados, estão o do próprio Ministro Ciro Nogueira, que é senador pelo Piauí, porém a figura política de Ciro do Centrão e tendo em vista que ele já pertenceu a vários governos, até mesmo o do presidente Lula (PT), pode dificultar esse entendimento. Atualmente, o nome mais bem colocado é do ministro das comunicações, Fábio Faria, por ser uma figura jovem, alinhada ao extremo do presidente e ser nordestino. Porém, os alinhados ao governo esperam que surjam outros nomes interessados para que se tenha um leque maior de opções de escolha.

Deixe uma resposta