Candidatura fake de Bivar se alimenta do Fundão

Assim como Bivar é candidatura fake, filiados e convidados também fingiram acreditar que o evento pago com dinheiro público era coisa séria

O novo partido União Brasil torrou dinheiro público, nesta terça (31), em um ato de campanha eleitoral fora de época para o “lançamento da pré-candidatura” presidencial de Luciano Bivar. Não se ouviram protestos contra o teatrinho: assim como Bivar é uma candidatura fake, filiados ao partido e convidados, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, também fingiram acreditar que o evento era coisa séria. Não era, até pelo deboche de gastar um caminhão de dinheiro público do Fundão Eleitoral.

Para que serve o Fundão

O União Brasil tem a maior fatia do Fundão Eleitoral. São quase R$1 bilhão que bateram do nosso bolso. Mas são precisos votos, em eleição.

Fake e sem votos

Pesquisa do instituto Ideia mostrou que Bivar soma 0,3% para presidente em seu Estado. E que são escassas suas chances até para deputado.

Dinheiro fácil

Com a omissão da Justiça Eleitoral, a turma enfia o pé na jaca, sem pudor. É o dinheiro fácil do Tesouro para financiar aventuras.

Quanto custou mesmo?

Cabe ao TSE divulgar o custo do evento fake, incluindo o cachê de claques, auditório, aluguel de parafernália eletrônica, jatinhos etc.(Cláudio Humberto)

Deixe uma resposta