Com aumento em número de mortes violentas, Piauí quer criar 2ª Força Integrada de Segurança

O secretário de Segurança Pública do Piauí, Coronel Rubens Pereira, relatou que pretende criar no Piauí uma 2ª Força Integrada de Segurança, a exemplo da que foi criada em Parnaíba, no Litoral do estado.

Em fevereiro de 2022, o Monitor da Violência levantou dados de que em 2021 o Piauí teve o 3º maior crescimento do país no total de mortes violentas.

Secretário de segurança, Rubens Pereira (Foto: Ricardo Morais / OitoMeia)

Em entrevista, cel. Rubens disse que, em virtude do aumento de mortes violentas no estado, a criação de uma segunda unidade da força de segurança será o combate às facções.

“O intuito é controlar o avanço de facções que estão responsáveis por alguns crimes graves como tráfico e homicídios”, falou o secretário.

Reuniões com a governadora Regina Sousa (PT) e representantes da Polícia Federal, foram realizadas para discutir a gravidade da segurança no Piauí se encontra.

“Dentro de um mês haverá um novo encontro em que será decidido a logística da implantação da Força Integrada na capital”, disse.(OitoMeia)

Deixe uma resposta