Decreto cria laboratório de estudos da violência contra a mulher no Piauí

A governadora Regina Sousa (PT) publicou decreto no Diário Oficial do Estado, de 2 de agosto, onde cria um laboratório de estudos da violência contra a mulher no Piauí, conhecido como Elas Vivas Lab.

No decreto de nº 21.431, de 2 agosto, a governadora explicou que existe uma necessidade de avaliação dos serviços de prestação de assistência ou atenção à mulher em situação de violência.

Esse laboratório vai funcionar com o objetivo de analisar, estudar e difundir os dados de violência contra a mulher no Piauí, para que assim possam ser elaboradas medidas que propiciem a prevenção e o combate a todas as formas de violência. 

Ele vai funcionar no âmbito da Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM) em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

Entre as atribuições do laboratório estão:

  • estudar e compreender permanentemente o fenômeno da violência contra mulher no Piauí; 
  • promover o intercâmbio com as Instituições de Ensino a fim de aprimorar políticas de enfrentamento a violência contra a mulher; 
  • produzir diagnósticos quantitativos sobre as mulheres em situação de violência e feminicídios no Estado do Piauí; 
  • padronizar a coleta, a análise e a divulgação dos dados e das informações públicas; 
  • servir como mecanismo de controle da participação social.

O laboratório vai ter a participação de três analistas criminais, que participarão como colaboradores, e de servidores da Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres. (Bárbara Rodrigues)

Deixe uma resposta