Desaparecimento corpo de advogado ainda é um mistério

Até o fechamento desta edição, o suposto corpo do advogado Raimundo Siqueira, de aproximadamente 41 anos, não havia sido encontrado ainda nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira(08/04/2022).

A reportagem colheu informações, que por volta das 21hs de quarta-feira(6), no lugar conhecido Canto Comprido, zona rural de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, o advogado teria sido assassinado a tiros por homens desconhecidos até o momento. O corpo dele não foi encontrado no local.  

Um veículo marca GM/S10, de placa PIT7J12, Teresina, ano de fabricação 2016, cor branca, foi incinerado no local do fato. O proprietário do automóvel, um cabo da policia militar do Piauí, que se encontrava na cia do advogado Siqueira, teria corrido para o mato para não ser executado, inclusive, chegou a ser atingido com um tiro na perna (ferimento leve) se escondendo no matagal até o dia seguinte.

Ainda com base nas informações, cerca de 03 ou 04 homens armados teriam executado o advogado. Do policial foi levado uma pistola ponto 40 e uma espingarda calibre 12, além de um aparelho celular.

No dia seguinte, a perícia criminal foi acionada e encontrado próximo ao veículo queimado apenas uma cápsula de pistola calibre 380. Ainda de acordo com a fonte, não havia rastro de sangue na cena do suposto crime. 

Sobre a presença do advogado e do cabo da PM (possivelmente vítimas) e de outros envolvidos no lugar Canto Comprido, seria relacionado à segurança de contrabando de cigarros e produtos eletrônicos de origem chinesa. Uma fonte contou que há muita contradição de relatos sem pé nem cabeça. Portal do Catita)

Deixe uma resposta