Dinheiro público bancando a satisfação sexual de velhos tarados

Por: Oscar de Barros

O lado positivo do governo Bolsonaro é que ele tem mostrado para população o que realmente são as Forças Armadas. Depois da compra de Viagra, agora descobre-se que o Exército bancou, próteses penianas no valor de R$ 3,5 milhões. Dinheiro público bancando a satisfação sexual de velhos tarados.

Faltam remédios vitais nas unidades do SUS e em hospitais federais, inclusive para tratamento de câncer, enquanto “o governo prefere levantar o ânimo das Forças Armadas para manter a dita dura”, conforme afirmam diversas postagens em redes sociais.   

Com dinheiro proveniente de impostos, as Forças Armadas já bancou: prótese peniana, viagra, remédio para calvície, picanha, filé mignon e cerveja.

É bom não esquecer que foi este mesmo governo que desencadeou campanha contra a universidade pública difamando as IES enquanto supervalorizavam a importância das Forças Armadas.

Exército, Marinha e Aeronáutica no Brasil desde que estabeleceram a ditadura militar, arrebentaram o país, mataram e perseguiram cidadãos brasileiros, sem qualquer consequência, para não falar da vergonhosa pensão das filhas solteiras de generais. As Forças Armadas não tem moral. São reles parasitas do erário.

Esse é o mesmo governo que vetou a distribuição de absorventes para meninas de baixíssima renda

Como diz o jornalista José Simão: “Forças Armadas compram 35 mil unidades de viagra e ficam sem brocha pra pintar o meio fio!”ExércitoExército

Deixe uma resposta