É para esquecermos os débitos deixados pelo gestor passado que prejudicam a administração presente?!!!

                         Florentino: Quem pagará os prejuízos?!!!                         
Sempre que se fala dos débitos, inúmeros, diga-se de
passagem, deixados pelo ex-prefeito Florentino Neto, como “herança maldita” ao
seu sucessor, prefeito Mão Santa, logo se levantam os defensores do desastre
administrativo que foi a gestão passada, para tentarem colocar um ponto final
no assunto, dizendo: “desçam do palanque,
é hora de trabalhar”.
Beócios! Não sabem que com isso compactuam com o erro,
com a incompetência e a irresponsabilidade de quem tinha a obrigação de cuidar
da coisa pública com equilíbrio e parcimônia, buscando cumprir as leis, que proíbem,
inclusive, que o gestor que sai deixe débitos para o sucessor pagar, sem deixar
dinheiro em caixa (Lei de Responsabilidade Fiscal). E foi o que ocorreu.
“São em torno de 25 milhões em débitos”, disse outro dia,
na Câmara Municipal, o secretário de Fazenda Gil Borges, para conhecimento dos
vereadores. Sim, os vereadores, que eram quase todos da base aliada do
ex-prefeito e fizeram vistas grossas para muitas barbaridades cometidas, dando
seu aval. Não mereciam também ser
punidos? E ainda têm alguns gaiatos que fingem que esqueceram disso, que foram
coniventes… E é justo esquecermos de tudo, que tudo é passado?!
Vamos continuar falando em débitos deixados, sim. Para
que o povo nunca esqueça de quem foi irresponsável e não correspondeu à confiança que o povo lhe depositou. Que não dê em nada, como é comum neste
país, que protege bandidos e se idolatra meliantes. Mas nossa consciência não
nos acusará de omissões.

Deixe uma resposta