Ex-ministro da Educação Abraham Weintraub ironiza desgaste do governo com Ciro Nogueira

Por Rômulo Rocha – Do Blog Bastidores

Em publicação no Twitter o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub ironizou a ida do Centrão – que tem como um dos líderes o ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira – para o governo de Jair Bolsonaro. As críticas são direcionadas justamente a um dos mais poderosos ministros do Palácio do Planalto.

“Eu sou o culpado? Eu sou o problema? Eu que votei no Lula? Eu que xinguei o Presidente de fascista? Eu que estou causando problemas? Parabéns general Ramos e companhia. A decisão de trazer o centrão para dentro do Governo foi brilhante”, ironizou, ao replicar matéria sobre Ciro Nogueira.

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

A Comissão de Educação do Senado Federal deve convocar o ex-ministro próxima semana para falar sobre supostas práticas de corrupção na época em que chefiou a pasta da Educação.

Weintraub diz que foi orientado a entregar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) ao Centrão. 

A determinação teria partido do próprio presidente da República, segundo o ex-ministro, e teria ocorrido ainda em março de 2020.

Já a concretização dessa determinação aconteceu somente em junho daquele ano, quando no dia 1º, o Diário Oficial da União (DOU) trouxe a nomeação de Marcelo Lopes da Ponte como presidente do FNDE.   Ponte é ex-chefe de gabinete de Ciro Nogueira.

Deixe uma resposta