Ex-presidiário tenta esconder entorpecentes na boca, mas acaba preso no litoral do PI

O reeducando Wallison Alves Pereira, de 34 anos, foi novamente preso ao ser flagrado por militares da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) tentando esconder na boca um invólucro contendo 17 porções de cocaína. A ação ocorreu neste sábado (04/06), no bairro Bebedouro em Parnaíba, litoral do Piauí. As informações são do Blog do Coveiro.

De acordo com repassado ao Blog do Coveiro, os policiais realizavam o motopatrulhamento pelo bairro quando ao passarem por uma motocicleta ocupada por dois homens, que não faziam o uso do capacete, respectivamente, ocasião em que o garupa ao perceber a presença dos militares, gesticulou bruscamente levando algo para a boca, fato esse que chamou a atenção da equipe que deu ordem de parada e abordou a dupla.

Durante a revista pessoal constatou-se que o garupa tentou esconder um saco plástico transparente contendo o entorpecente embalado, pronto para a comercialização. O condutor do veículo trata-se de um mototáxi, que apenas fazia uma corrida e que foi liberado após maiores esclarecimentos.

Diante dos fatos, o homem foi conduzido para a Central de Flagrantes de Parnaíba, onde o delegado plantonista o autuou no crime de tráfico de drogas e o mesmo se encontra encarcerado na distrital a disposição da justiça.

Wallison é um velho conhecido do meio policial e da justiça, o qual passou muito tempo recluso no sistema prisional em decorrência de três condenações que somam 12 anos e 09 meses, sendo duas delas pelos crimes de roubo e uma por ameaça. Ele voltou a ser preso em 10 de março desse ano (2022) sob acusação dos delitos de tráfico de drogas e corrupção de menores, mas foi posto em liberdade na audiência de custódia.

Deixe uma resposta